Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Cultura de Borla

A Cultura que não tem preço.

Anjo, de Miguel Nunes, seleccionado para a Competição Oficial do Festival CPH:DOX

O CPH:DOX – the Copenhagen International Documentary Film Festival, um dos mais importantes festivais de cinema europeus, que decorrerá entre os dias 20 e 31 de Março, anunciou hoje a selecção oficial, sendo que Anjo, primeiro filme realizado por Miguel Nunes, com produção da Videolotion, foi seleccionada para a Next:Wave Competition dedicada a novos e promissores cineastas. 

Anjo fala de uma Lisboa veranil, onde o protagonista, Miguel, se passeia entre apartamentos, festas improvisadas, encontros com amigos e paixões antigas. O filme, distribuído pela Portugal Film - Agência Internacional de Cinema Português, teve estreia em Portugal no Festival IndieLisboa e fará agora a sua estreia internacional, num festival por onde têm passado alguns dos cineastas contemporâneos mais interessantes.

 

7b68537d-3897-45e4-9811-e0aa9a1537f5.jpg

Biografia:
Miguel Nunes nasceu em Lisboa em 1988. Licenciado em Teatro pela ESTC. Começou a sua carreira como actor com 12 anos em séries juvenis. Como actor trabalhou com João Pedro Rodrigues, João Botelho, Teresa Villaverde, Margarida Gil, Ivo Ferreira e outros. Venceu o Prémio de Jovem Actor no LEFFEST com a longa metragem Cisne, de Teresa Villaverde. Mas foi em 2016, que protagonizou o filme Cartas da Guerra de Ivo Ferreira, cuja estreia aconteceu na Competição Oficial do Festival de Berlim, tendo sido aclamado como um dos mais importantes filmes portugueses recentes. Em 2018, estreou-se na realização com Anjo.

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.