Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Cultura de Borla

A Cultura que não tem preço.

Apresentação do Festival Internacional de Teatro Clássico de Mérida em Lisboa

O Festival Internacional de Teatro Clássico de Mérida é o mais antigo festival clássico celebrado em Espanha e um dos mais importantes do seu género.

 

Este Festival realiza-se anualmente, durante os meses de Julho e Agosto no Teatro Romano de Mérida, um dos edifícios cénicos melhor conservados em todo o império romano. À semelhança do Teatro de Lisboa, ambos os monumentos datam da época do imperador Augusto e procuram divulgar estes edifícios únicos da arquitectura romana.

 

O Festival Internacional de Teatro Clássico de Mérida iniciou-se em 1933, colocando em cena a peça A Medeia, do poeta romano Séneca (numa versão de Miguel de Unamuno e que contou com a actriz Margarita Xirgu como protagonista). Tendo sido interrompido entre 1935 e 1952, o Festival reiniciou-se em 1953 com a representação da obra Fedra.

 

Este ano o Teatro Romano de Lisboa é o palco para a apresentação da 63ª edição deste Festival Internacional. A apresentação será feita no dia 15 de maio, pelas 12h, nas ruínas do Teatro Romano de Lisboa (Rua de S. Mamede, frente ao nº 3).

 

Também este ano, e à semelhança do ano passado, também o Teatro Romano de Lisboa contará com teatro clássico nas suas ruínas. Depois de A Paz do poeta grego Aristófanes, levada à cena em 2015, este ano será a vez do poeta grego Menandro com a peça O Misantropo. O espectáculo ocorrerá entre os dias 6 e 23 de Julho nas ruínas do teatro Romano de Lisboa e será levado a cena pelo grupo de teatro Maizum, com encenação de Silvina Pereira.

 

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.