Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Cultura de Borla

A Cultura que não tem preço.

Apresentação MOTELx: Sexo, profecias e canibalismo a festejar 10 anos de MOTELX

A celebrar uma década de cinema de terror em Portugal, o MOTELX - Festival Internacional de Cinema de Terror de Lisboa, tem como convidado especial o italiano Ruggero Deodato, realizador do clássico “Holocausto Canibal”. No ano em que se lança uma competição de longas-metragens, o Festival volta ainda ao Tivoli BBVA que, a par do Cinema São Jorge e da Cinemateca Júnior, completa o triângulo de espaços que ocupará a avenida com mais de 70 sessões de cinema de terror. O Festival acontece de 6 a 11 de Setembro e é precedido do habitual Warm-Up, de 1 a 3 de Setembro.

 

O MOTELX - Festival Internacional de Cinema de Terror de Lisboa regressa à capital, entre 6 e 11 de Setembro, com a comemoração da 10.ª edição. Este ano, destacam-se a competição de longas-metragens europeias, as sessões especiais dedicadas ao polaco Walerian Borowczyk, onde o sexo e o erotismo se juntam ao terror, e a presença do italiano Ruggero Deodato, realizador de um dos mais chocantes filmes da história do cinema, “Holocausto Canibal” (1980).

 

A sublinhar a constante busca de inovação do MOTELX, um regresso há muito esperado: Dom Sebastião, em jeito de necromancia – uma espécie de comunicação com o além –, vai voltar dos mortos e fazer a sua aparição no Festival que este ano celebra o seu 10.º aniversário.

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.