Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Cultura de Borla

A Cultura que não tem preço.

Arquivo cinematográfico da Guiné-Bissau em debate na 4ª edição dos "Encontros para Além da História" (CIAJG, 10 a 12 dezembro)

Filipa César e Tobias Hering assumem curadoria do evento que se irá realizar entre os dias 10 e 12 de dezembro no Centro Internacional das Artes José de Guimarães (CIAJG)

 

Arquivo cinematográfico da Guiné-Bissau em debate na 4ª edição dos “Encontros para Além da História” realizados pelo CIAJG

image002 (3).jpg

 

 

Nos próximos dias 10, 11 e 12 de dezembro, o Centro Internacional das Artes José de Guimarães vai realizar a 4ª edição dos “Encontros para Além da História”.  Este ano, os Encontros terão dois curadores convidados, Filipa César e Tobias Hering, que conceberam um evento que incluirá conferências, debates e sessões de projeção, em torno da memória, sobrevivência e potência da linguagem do filme na construção de um arquivo que surgiu num contexto sociopolítico muito singular – a construção de uma nação que lutava pela sua independência.

 

A 4ª edição dos “Encontros para Além da História” confirma a vocação internacional deste evento, reunindo um conjunto de especialistas provenientes de vários países europeus e africanos que debaterão a reemergência do importante arquivo cinematográfico da Guiné-Bissau. Está já confirmada a presença de Jean-Pierre Bekolo (cineasta, Yaoundé), Sónia Borges (historiadora, candidata a PhD Lisboa, Berlim), Wladimir de Brito (advogado, Guimarães), Anselm Franke (curador, diretor artístico HKW, Berlim), Nuno Faria (curador, diretor artístico CIAJG, Guimarães, Lisboa), Louis Henderson (artista, Paris, Londres), Grada Kilomba (psicóloga, escritora, artista, Berlim), Catarina Laranjeiro (cineasta, historiadora, candidata a PhD, Lisboa, Berlim), Patrícia Leal (artista e cineasta, Lisboa), Olivier Marboeuf (curador, produtor, diretor artístico Khiasma, Paris), Sana na N'Hada (cineasta, Bissau), Yonamine (artista, Berlim) e Ala Younis (curador e artista, Amman).

 

A 4ª edição do evento toma o seu título de empréstimo de um filme inacabado guardado num arquivo em Bissau. “Luta ca caba inda” foi concebido como um documentário sobre a condição pós-independência da Guiné-Bissau, mas foi abandonado durante o processo de edição em 1980. No entanto, ele é testemunho de uma década de uma prática cinematográfica, coletiva e internacionalmente conectada, como parte da luta pela independência do colonialismo português (1963-1974) e a consequente construção da nação.

 

Os fragmentos remanescentes dessa prática, arquivados no Instituto Nacional de Cinema e Audiovisual (INCA) em Bissau – filmes acabados e inacabados, gravações de áudio e cópias de filmes doados por países que apoiaram a luta –, tornam-se agora uma arqueologia cinematográfica. Em 2012, em colaboração com os cineastas guineenses Sana na N'Hada, Flora Gomes e Suleimane Biai e com o suporte institucional do Arsenal – Instituto de Filme e Vídeo Arte em Berlim, a artista Filipa César e o curador Tobias Hering embarcaram num projeto a longo prazo com o objetivo de re-acessar esse arquivo. O seu estado peculiar, suspenso entre deterioração e work-in-progress, ativa questões sobre promessas passadas e sua pertinência contemporânea. No andamento do projeto "Luta ca caba inda", uma série de eventos discursivos e projeções abertas ao público foram dedicadas à ativação das potências desse arquivo.

 

Intitulada “Luta ca caba inda – Um arquivo em relação”, a 4ª edição dos “Encontros para Além da História” irá reunir artistas, escritores e investigadores, cujo trabalho contribuiu para delinear um campo crítico que permite abordar esses documentos sob as condições pós-coloniais atuais. Esta conferência internacional colocará uma seleção de imagens e sons do arquivo em relação com as práticas artísticas e críticas dos participantes, no intuito de explorar as radiações geopolíticas e imaginários caleidoscópicos do arquivo. Os curadores propõem três noções para intercetar o arquivo e orientar os debates: geografias, materialidades e forças – tudo no plural, por causa da multiplicidade dos seus significados neste contexto.

 

A inscrição nos “Encontros para Além da História” é gratuita, podendo ser efetuada no Centro Internacional das Artes José de Guimarães ou no site www.ciajg.pt através do formulário de inscrição disponível online.

 

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.