Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Cultura de Borla

A Cultura que não tem preço.

As canções de umor do Reportório Osório chegam ao Brasil!

 

image.png

 


9 outubro | Centro de Referência da Música Carioca | Tijuca, RIO DE JANEIRO
12 outubro | Auditório Ordovás | CAXIAS DO SUL (RS)
13 outubro | Memorial da Universidade de Santa Cruz | SANTA CRUZ DO SUL (RS)
14 outubro | Auditório Ivo José Stein | SOLEDADE (RS)
15 outubro | Auditório do Hotel Recanto do Imperador | RIO PARDO (RS)

 

http://www.dorfeu.pt/reportorioosorio
http://www.facebook.com/reportorioosorio


O espetáculo “Reportório Osório” está de partida para uma digressão em terras brasileiras, entre 9 e 15 de outubro. Esta premiada criação da d’Orfeu AC fará cinco datas no país-irmão, no Rio de Janeiro e no Rio Grande do Sul. Também em Portugal, antes e depois do Brasil, o espetáculo tem apresentações confirmadas em Viseu (6 outubro) e Aveiro (2 novembro).

A estreia de Reportório Osório no Brasil terá lugar a 9 de outubro, no Centro de Referência da Música Carioca no Rio de Janeiro, no âmbito do programa Conexão Brasil-Portugal, projeto que nasceu como extensão da 20ª edição do “OuTonalidades – circuito português de música ao vivo”. Seguir-se-ão mais quatro concertos em várias cidades do Rio Grande do Sul, entre os dias 12 e 15 de outubro, em Caxias do Sul, Santa Cruz do Sul, Soledade e Rio Pardo, fruto da aliança com um circuito congénere do OuTonalidades, o Dandô - Circuito de Música Dércio Marques.
 
Reportório Osório é uma criação músico-teatral da d'Orfeu AC, a mesma estrutura cultural que coordena o circuito português. O espetáculo que agora cruza o Atlântico estreou em meados de 2013, tendo obtido o 1º Prémio nacional do Festival INATEL nesse mesmo ano, acolhendo excelentes críticas e fazendo seguidores pelo país, nestes quase três anos de apresentações ao vivo. É uma coleção de canções, aliando a escrita e interpretação de Luís Fernandes à magistral música de Luís Cardoso e ao talento da acordeonista Sónia Sobral. Em Reportório Osório, o quotidiano das relações afetivas é transformado em canções irónicas, em que a teatralidade da interpretação só reforça o perfil de cada personagem.

Esta criação representa um marco decisivo da evolução da linha criativa incessantemente explorada pela d'Orfeu, assente na fusão músico-teatral. Em 2014, o projeto editou o seu CD "Canções do Umor”, a par de uma digressão nacional contínua que soma dezenas de concertos de norte a sul de Portugal. A internacionalização de Reportório Osório, tendo em conta a importância da palavra cantada nas suas apresentações ao vivo, ganha particular pertinência no espaço lusófono, como foi o caso de Cabo Verde em 2015 e como será o caso desta digressão no Brasil.
 
Estas apresentações são fruto de alianças internacionais do 20º OuTonalidades, circuito coordenado pela d’Orfeu AC. Esta estratégia de intercâmbio com circuitos ou festivais estrangeiros, tem afirmado o OuTonalidades a nível internacional, alcançando mais possibilidades de circulação além-fronteiras para os grupos portugueses. Nesta 20ª edição, além das atuações de Reportório Osório no Brasil, concretizam-se atuações de Adufe & Alguidar, Birds Are Indie, CoMcORdAs e Serushio na Galiza, graças a um convénio restabelecido com a AGADIC - Axencia Galega das Industrias Culturais, em parceria com a Clubtura - Asociación Galega de Salas de Música ao Vivo. Na Catalunha, Medeiros/Lucas já teve oportunidade de atuar no Mercat de Musica Viva de Vic, ao passo que Edu Miranda Trio atua a 7 de outubro na Fira Mediterrània de Manresa. Os Golden Slumbers realizam uma tour de três concertos em vários pontos de Espanha, no âmbito dos circuit
o
AIEnRUTa. Por fim, os Serushio, além da Galiza, realizam ainda três concertos em França. Em ano de 20ª edição, o OuTonalidades continua a alargar as suas fronteiras, chegando agora também, pela primeira vez, ao Brasil.

 

Programa completo do 20º OuTonalidades:
http://www.dorfeu.pt/outonalidades