Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Cultura de Borla

A Cultura que não tem preço.

BANDIDA DO POMAR NA FEIRA DA LADRA PARA FESTA SURPRESA / 26 Janeiro / 18H

image002.png

 

A 26 de janeiro, a Feira será da Bandida que vai ocupar o Mercado de Santa Clara para uma festa inigualável em parceria com o Sofar Sounds.

Para a Bandida do Pomar, a nova sidra de nome português, as maçãs sacadas do pomar sabem sempre melhor. Isso e concertos secretos exclusivos de bandas emergentes.

 

No próximo dia 26 de janeiro, a Feira da Bandida vai chegar ao Mercado de Santa Clara e promete umas boas horas de “bandidagem”. A abertura de portas dá-se às 18h00 e até às 19h30 decorrem ações com oferta de brindes da Bandida do Pomar e alguns objetos pessoais de dois Bandidos convidados (Diogo Faro e Guilherme Geirinhas). Seguem-se uma série de atuações surpresa de bandas trazidas pelo Sofar Sounds e um DJ para fechar a noite.

 

Com um ambiente de alguma balbúrdia e desarrumação, a Feira da Bandida vai recriar a envolvência típica das feiras e mercados de Brick à Brack.

 

A parceria com o Sofar Sounds, um coletivo britânico que se dedica a promover concertos intimistas com artistas emergentes, vai prolongar-se por três meses.

 

Três vezes por mês, duas em Lisboa e uma no Porto, serão promovidos concertos gratuitos à semelhança do que é feito lá fora: apenas 24h00 antes é revelado o local e quem foi autorizado a entrar e só no evento são conhecidos os artistas.

 

Só os mais astutos, que não hesitam perante um desafio e procuram sempre alguma irreverência, vão provar ter maçãs para aderir à Feira da Bandida. Depois, é só seguir a raposa ao longo da série de concertos BANDIDA X SOFAR.

 

Para participar na Feira da Bandida é necessária inscrição em: http://sofarsounds.com/lisbon.

SOBRE SOFAR:

Sofar significa Songs From A Room e como o próprio nome indica, traz o melhor da música emergente a espaços intimistas num formato de concerto secreto e exclusivo: o local é revelado na véspera do evento e os artistas são conhecidos apenas no início do concerto. Livrarias, barbearias, galerias de arte e até mesmo salas de estar de casas particulares, são os palcos escolhidos para este tipo de concertos, onde o secretismo e a proximidade entre os artistas e público são notas dominantes.

O conceito originário de Londres já chegou a mais de 300 cidades pelo mundo, sendo Portugal contemplado com Lisboa, Porto e Coimbra, para já. Pelo Sofar Sounds Lisbon já passaram nomes como Surma, Golden Slumbers, Brass Wires Orchestra, Pista ou Isaura, os consagrados Samuel Úria e NBC e até mesmo os fenómenos brasileiros Cícero e Castello Branco. Lá fora, dos milhares de artistas emergentes, destacam-se Benjamin Clementine, Bastille, Leon Bridges, Hozier, James Bay e The National, hoje já aclamados fenómenos popularidade.

               

SOBRE BANDIDA DO POMAR:

“Bandida do Pomar” é a nova sidra que ‘fala’ português dirigida a consumidores jovens adultos, entre os 18 e os 34 anos. A assinatura da campanha - “Prova que tens Maçãs” – revela o espirito desafiador da marca. Sociável e espontânea, assumidamente ousada e matreira, esta é a personalidade do seu ícone, a raposa, que promete espalhar as suas maçãs pelas tribos jovens nos melhores bares e spots do país. Chega aos consumidores através de uma garrafa retornável 0,33L de cor âmbar ou em barril de 20L, sendo servida num copo preto que marca a diferença e a irreverência da marca. Com um intenso aroma a maçã e um teor de álcool de 4,5% será distribuída apenas no canal HORECA, a nível nacional.

“Bandida do Pomar”, marca registada em Portugal, tem uma receita desenvolvida em exclusivo para o mercado nacional e é ENGARRAFADA na Unidade Cervejeira de Vialonga. A marca integra o portefólio  da Sociedade Central de Cervejas E BEBIDAS.

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.