Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Cultura de Borla

A Cultura que não tem preço.

Bons Sons para além dos concertos: Programa para toda a família

VIVER O BONS SONS ALÉM DOS CONCERTOS:
HÁ PROGRAMA PARA TODA A FAMÍLIA
 

O público do BONS SONS tem a oportunidade de viver a programação musical de forma diferente, através de inúmeras propostas que permitem a exploração de outras artes e ambientes. Em Cem Soldos vai haver muita vida para lá dos concertos com actividades pensadas para todos os elementos da família.

Todos os dias, o BONS SONS oferece a oportunidade, por exemplo, de os novos pais levarem os seus mais pequenos à descoberta das primeiras notas, com “Música para Bébés”. Podem ainda deixar-se surpreender pelas histórias encenadas que trazem ventos de outras paragens. Os contadores vão, em 30 minutos, dar vida às personagens de “Ka”, sobre a lenda das matrioskas, e de “INUIT: Um povo com vários povos”.

Os amantes da sétima arte e do cinema documental têm em “Este Povo” e “Auto Rádio” uma boa ocasião para conhecer de perto as gentes de Cem Soldos e descobrir o processo musical de Benjamin. Todos são convidados ainda para dar asas à imaginação com a mostra de curtas-metragens lusófonas originais de Curtas em Flagrante 2016.

As artes plásticas, sonoras e performativas vão multiplicar-se pelos espaços da Aldeia. À instalação arquitectónica “The Great Gig In Sky”, localizada no Palco Eira, junta-se a instalação sonora de Luís Antero “Cem Soldos, 100 Sons”, no Centro de Exposições, e a instalação poliartística “A máscara como (ul)traje da paisagem”, na Adega de São Sebastião.

 

criancas.jpg

 BONS SONS PARA CRIANÇAS

12, 14 e 15 Agosto |10:00 | Auditório
13 Agosto | 10:00 | Largo do Centro de Exposições


As manhãs do BONS SONS são dedicadas aos mais novos e às suas famílias, com programação específica, organizada pela Canto Firme de Tomar. Logo a partir das 10:00, haverá sessões de “Música para Bebés”, destinadas a crianças até aos 4 anos e respectivos pais. A sessão de sábado será feita ao ar livre no Largo do Centro de Exposições.

 

ka.jpg

 KA
HISTÓRIAS ENCENADAS

12-15 Agosto | 11:00 | Largo do Rossio (encontro)


A lenda das matrioskas fala-nos de algo que se repete maravilhosamente e sem interrupção. Mas o que acontece quando um lenhador não quer fazer mais bonecas? Ou quando teme a natureza da sua própria criação? Esta pequena maneira de contar uma lenda que nos devolve a proteção do ventre materno, cruza a ideia de repetição com a unicidade da experiência de cada um face à criação.

Criação e interpretação: Susana Gaspar Domingos | Coordenação artística: Vera Alvelos

 

sem nome (4).png

 

INUIT: UM POVO COM VÁRIOS POVOS
HISTÓRIAS ENCENADAS

12-15 Agosto | 12:00 | Largo do Rossio (encontro)


As manhãs do BONS SONS são dedicadas aos mais novos e às suas famílias, com programação específica, organizada pela Canto Firme de Tomar. Logo a partir das 10:00, haverá sessões de “Música para Bebés”, destinadas a crianças até aos 4 anos e respectivos pais. A sessão de sábado será feita ao ar livre no Largo do Centro de Exposições.

 

 

sem nome (5).png

 

CURTAS-METRAGENS DE CRIADORES LUSÓFONOS

12, 14 e 15 Agosto | 16:15 | Auditório


Durante a tarde, para quem quer fugir aos raios de sol, o BONS SONS propõe aos visitantes sessões de curtas-metragens de países de língua portuguesa, que compõem o acervo da edição de 2016 da iniciativa “Curtas em Flagrante”. Trata-se de uma aproximação ao público através de obras cinematográficas independentes e contemporâneas, realizadas por criadores lusófonos das áreas do audiovisual.

 

 

 

estepovo.jpg

 

ESTE POVO
DOCUMENTÁRIO

12 Agosto | 15:00 | Auditório


“Este Povo” é um retrato genuíno de uma aldeia inteira, narrado por quem a vive. Na primeira pessoa, os habitantes mais velhos de Cem Soldos contam as suas memórias e vivências e dão corpo a um documentário inspirador, onde a história de cada um se confunde com a história do lugar que os viu nascer – “Este Povo” de Cem Soldos. Foi esta a riqueza encontrada por um grupo de jovens cem-soldenses, que filmou a aldeia e as suas gentes ao longo de um ano. O arquivo digital criado (para sempre em construção) é o mote para a criação deste primeiro documentário.

 

 

autoradio.jpg

 

AUTO RÁDIO
DOCUMENTÁRIO

12 Agosto | 17:45 | Auditório


Tal como o disco de Benjamim, o filme “Auto Rádio” é uma viagem pelo país, pelas canções e pela música. Fala sobre Afife, sobre a Guiné, sobre concertos esquecidos no terreiro da Aldeia da Pedralva ou sobre fazer música em Portugal; é uma ode à dureza da estrada, aos concertos falhados, aos bem sucedidos, aos discos, à rádio, ao Verão e ao país, enquanto conta a aventura insólita de uma longa jornada por Portugal quase inteiro numa carrinha carregada de equipamento até ao tejadilho. Além disso, como documentário que é, mostra-nos inúmeros detalhes sobre as canções; descodifica-as e contextualiza-as.

 

cemsoldoscemsons (3).jpg

 

 CEM SOLDOS, 100 SONS
INSTALAÇÃO SONORA DE LUÍS ANTERO

12-15 Agosto | 10:00–20:00 | Centro de Exposições


“Vem escutar a aldeia!” podia muito bem ser a premissa para esta instalação e arquivo sonoros. Cem Soldos faz-se ouvir a partir de 100 sons que, juntos, formam um corpo acústico da(s) sua(s) identidade(s). A que soa a Aldeia? A resposta a esta questão é o que se propõe em “Cem Soldos, 100 Sons”. Uma instalação para visitar no Centro de Exposições, que ficará posteriormente alojada online, assim como todo o arquivo sonoro a ela ligado, para que este lugar mágico seja escutado, uma e outra vez, incessantemente.

 

sem nome.png

 

A MÁSCARA COMO (UL)TRAJE DA PAISAGEM
INSTALAÇÃO E PERFORMANCE

12-15 Agosto | Adega de São Sebastião


Este projecto visa trabalhar algumas ideias através de performances periódicas durante os dias do BONS SONS e através de uma instalação permanente que de algum modo possa adicionar um território contínuo à performance. A Adega de são Sebastião acolhe um colectivo artístico que trabalha nas áreas de instalação, escultura, imagem e performance, para uma peça que se reinventa entre os dias 12 e 15 de Agosto.

 

sem nome (2).png

 

THE GREAT GIG IN THE SKY
INSTALAÇÃO ARQUITECTÓNICA

12-15 Agosto | Palco Eira
12-15 Agosto | Sede do SCOCS


“The Great Gig in the Sky”, concebido pelo Colletivo Arcipelago, originário de Bari, Itália, é o título do projecto vencedor do concurso internacional de ideias, promovido pela ideasforward em parceria com o BONS SONS. A instalação, uma estrutura baseada nas redes de apanha da azeitona, invertidas e colocadas suspensas sobre balões ancorados ao solo, irá proporcionar sombra permanente aos visitantes do Palco Eira.
Durante o BONS SONS, os visitantes poderão também conhecer todas as propostas submetidas a concurso, incluindo os 3 primeiros classificados e as 7 menções honrosas atribuídas pelo júri, numa exposição dedicada ao concurso, na sede do SCOCS.

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.