Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Cultura de Borla

A Cultura que não tem preço.

BONS SONS programa Noites Longas do Festival

 

materiaisdiversos-4.jpg

 

O BONS SONS, que este mês celebrou a 10.ª edição, é, mais uma vez, responsável pela programação musical do Festival Materiais Diversos, que este ano também comemora as 10 edições e acontece de 27 de setembro a 5 de outubro, em Minde, Cartaxo e Alcanena. No âmbito desta parceria, realizam-se dois concertos e dois DJ sets, nas Noites Longas – programa dedicado à música - do Festival Materiais Diversos.

Manel Cruz, o músico portuense que lançou recentemente o álbum Vida Nova, dá um concerto intimista no dia 28 de setembro, às 23:30, na Fábrica de Cultura de Minde. Conhecido por projetos como Ornatos Violeta, Foge Foge Bandido, Pluto ou Supernada, Manel Cruz anima esta noite do festival com algumas das músicas mais célebres e com singles que fazem parte deste seu novo disco.

No dia 4 de outubro, às 23:30, a banda They Must Be Crazy sobe ao palco do Mercado Municipal do Cartaxo. Tendo como base da sua origem a grande paixão pelo afrobeat, esta banda, criada em Lisboa, junta músicos com experiências muito diversificadas, que procuram transmitir o calor e o groove dos sons africanos. Fortemente inspirada em Fela Kuti, Tony Allen, Mulatu Astatke, entre outros, traz aos palcos sons originais, marcados pela dança, ritmo e sonoridades viajantes que fazem parte do seu primeiro álbum de originais, Mother Nature, lançado em 2017.

Além destes concertos, realizam-se uma festa de abertura no dia 27 de setembro, a partir das 23:00, no Espaço Jazz - Edifício António Alves Raposo, em Minde, com a dupla SoulFlow DJs – que nasce do coletivo feminino ButterflieSoulFlow, formado em 2006, ligado à cultura hip hop e clubbing – apresentando, nesta noite sonoridades hip hop, breakbeat, funk, disco, soul e house, e uma festa de encerramento no dia 5 de outubro com DJ Maboku, também a partir das 23:00, no Mercado Municipal do Cartaxo. Nascido em Angola, Maboku viveu desde criança no Bairro do Pendão, em Queluz, onde começou a desenvolver o seu estilo musical. Fez parte dos Piquenos DJs do Gueto (com Lilocox, Liofox, Dadifox, Firmeza), com quem editou o EP B.N.M. / P.D.D.G. (editora Príncipe, 2013), seguindo-se, em 2015, o EP Malucos de Raiz (C.D.M. - Casa da Mãe Produções, pela Príncipe).

A entrada nas festas de abertura e de encerramento é gratuita e os bilhetes para os concertos de Manel Cruz e They Must Be Crazy custam 6,00€ (ou 3,00€ com descontos).

A parceria entre o BONS SONS e o Festival Materiais Diversos teve início em 2017 e visa a potenciação sinérgica da cultura numa área territorial próxima onde ambos atuam. Tirando partido do conhecimento e desenvolvimento artístico de cada um, nas áreas da música e das artes performativas, respetivamente, esta parceria tem como objetivo uma programação cruzada em ambos os eventos.

No âmbito desta parceria, o Festival Materiais Diversos esteve presente no BONS SONS, programando três espetáculos de dança que decorreram em Cem Soldos nos dias 8, 9 e 11 de agosto: Coexistimos, de Inês Campos, Danza Ricercata, de Tânia Carvalho, e Nem a Própria Ruína, de Francisco Pinho, João Dinis Pinho e Dinis Santos.

Durante 9 dias, o Festival Materiais Diversos apresenta mais de 60 atividades, 17 espetáculos de teatro e dança de criadores portugueses e estrangeiros, 5 em estreia absoluta e 4 em estreia nacional, 4 momentos musicais, 1 exposição, 3 ações de participação, mais de 20 conversas e debates, reunindo um total de 150 artistas, promovendo o encontro entre as artes performativas contemporâneas e diferentes comunidades, vozes e imaginários locais.

materiaisdiversos-3.jpg

materiaisdiversos-2.jpg

 

 

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.