Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Cultura de Borla

A Cultura que não tem preço.

“Bululú – Estórias da Invenção do Mundo”

74217306_1423678114464798_3791355352314806272_n.jp

A Companhia de Actores e o Teatro Invísivel apresentam “Bululú – Estórias da Invenção do Mundo”, com interpretações de Pedro Giestas e Tiago Fernandes, num texto e encenação de Moncho Rodriguez. O espetáculo estreia a 7 de novembro e termina a sua carreira no dia 23 do mesmo mês, sempre às quintas, sextas e sábados, no Teatro Municipal Amélia Rey Colaço, em Algés.

A peça centra-se em Amadeus e Bartolomeus, dois cómicos tão antigos quanto o próprio teatro, que acabam de chegar a um lugar onde decidem, como sempre, cumprir o seu ofício: representar. Contam, assim, o seu romance da Invenção do Mundo, inspirado no “Grande Teatro del Mundo”, de Pedro Calderón de la Barca.

Tudo parece correr bem com a representação até que, tomado pelo espírito da crítica, Bartolomeus questiona as razões pelas quais devem eles, comediantes famintos, continuar: para que servem os atores? E as palavras? E os sonhos?. Perante esse conflito, os dois comediantes desafiam-se numa luta entre a acção da arte e a sua premência numa sociedade cada dia menos poética, menos sensível e inevitavelmente mais consumista. Travam um patético jogo onde se expõem os conflitos entre a razão e o sonho, entre o real e o imaginário. Recordam os caminhos que percorreram até chegarem aos dias de hoje, onde esbarram com o vazio, o silêncio, a indiferença.

Amadeus e Bartolomeus, duas personagens, almas-gémeas, terão de decidir o que fazer. Qual o caminho - o seu e o de quem assiste? Qual o caminho do teatro… da arte… da vida?

Ficha Técnica:
Texto e Encenação: Moncho Rodriguez
Brincantes de Bululú: Pedro Giestas (Amadeus) e Tiago Fernandes (Bartolomeus)
Figurinos: Moncho Rodriguez
Execução de Figurinos: Maria Guimarães e Marília Martins
Desenho de Luz: Sérgio Gaspar
Cartaz: Sílvia Franco Santos
Apoios: Antena 1 e Mandrágora
Parcerias institucionais: C.M.Oeiras e C.M. Freixo de Espada à Cinta
Co-Produção: Companhia de Actores / Teatro Invisível

CE: M/12
Duração: 60 minutos

Bilheteira:
Normal: 10€

INFO + Reservas
cda.reservas@gmail.com | 919 714 919

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.