Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Cultura de Borla

A Cultura que não tem preço.

Carta do Mês | Outubro no Bando

capa_nw.jpg

 

NETOS DE GUNGUNHANA
25 OUT a 11 NOV
quarta a sábado às 21h, domingo às 17h30
São Luiz Teatro Municipal, Lisboa
Informações e compra de bilhetes aqui
 
texto Mia Couto
dramaturgia, encenação e cenografia João Brites
música e direcção musical Jorge Salgueiro
corporalidade Giselle Rodrigues
figurinos e adereços Clara Bento
desenho de luz Guilherme Noronha

com Alice Stefânia, Bruno Huca, Diego Borges, Fernando Santana, Raul Atalaia, Rita Couto, Sufaida Moyane, Suzana Branco
e Té Macedo participação especial Alesa Herrero e Zora Ma
 
criação Teatro O Bando
co-produção São Luiz Teat ro Municipal
co-criação Fundação Fernando Leite Couto (Moçambique), Teatro do Instante (Brasil)
apoio Instituto Camões, FUNDAC - Moçambique e Undandy
 
. . .
 

A nova criação do Bando é uma colaboração artística entre artistas portugueses, brasileiros, moçambicanos e angolanos baseada na trilogia de Mia Couto "As Areias do Imperador”.

NETOS DE GUNGUNHANA reflecte sobre as pequenas teias de poder presentes na família que, de forma progressiva, se vão estendendo às tribos, cidades, países e federações. Este espectáculo constrói-se a partir da figura do último imperador moçambicano Gungunhana que, para alguns, foi um herói e um salvador e, para outros, um ditador e um pesadelo, assumindo a realidade como um conjunto de diferentes pontos de vista.
Em 2018 questionamos assim os colonialismos, os históricos e os de todos os dias, as manipulações domésticas, os líderes de fachada e as manobras de um poder manietado na sombra, à vista de todos.

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.