Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Cultura de Borla

A Cultura que não tem preço.

Casino Estoril inaugura exposição de Paulo Ossião no próximo Sábado

Paulo Ossião Lapa   2.jpg

 

Inaugura-se no próximo Sábado, dia 22, às 17 horas, na Galeria de Arte do Casino Estoril, uma exposição individual de Paulo Ossião, com o título “Lisboa”. Tal como as pessoas, as cidades também têm os seus pintores preferidos e este aguarelista, que considero o melhor da actualidade, dentro desta modalidade, tem retratado Lisboa de forma ímpar. As suas aguarelas dão-nos numa linguagem muito própria, a luminosidade de Lisboa, quer no azul do céu e do rio, até ao ocre dos telhados dos bairros alfacinhas ou à fachada dos velhos casarios.
Nas três dezenas de trabalhos presentes nesta exposição estão retratados alguns dos locais mais emblemáticos da capital, tais como, a Praça do Comércio e o Cais das Colunas, a Baixa Pombalina, o Bairro Alto e a Lapa, a Ponte sobre o Tejo, a Avenida da República, a Sé, Alcântara ou Belém.
Dentro da pintura, a aguarela será a modalidade mais difícil de trabalhar, apesar dos materiais utilizados serem os mais simples da natureza: a água e os pigmentos de tinta, tendo o papel como suporte, mas é, sem dúvida, a que melhor capta a luz e Paulo Ossião é um excelente exemplo, conseguindo-o com uma grande mestria. Acompanho a sua carreira há 35 anos e é para mim gratificante testemunhar a sua constante evolução e saber que em todas as exposições algo de novo acontece, fruto do seu empenho no trabalho e investigação metódica.
Passaram pela Galeria de Arte do Casino Estoril até hoje, mais de 8.000 artistas, com cerca de 22.000 obras. De quando em quando surge um que é excepcional, passando a participar na maior parte das exposições colectivas e a realizar exposições individuais nesta Galeria. É o caso de Paulo Ossião.
Esta é mais uma exposição marcante na carreira deste artista, que repito, na minha opinião, é o melhor aguarelista português contemporâneo, mostra que ficará na memória de quem tiver o privilégio de a visitar, de 22 de Outubro a 15 de Novembro, entre as 15 e as 24 horas.