Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Cultura de Borla

A Cultura que não tem preço.

CCB | Joan Brossa em DICIONÁRIO DE ARTISTAS > textos inéditos de Gonçalo M. Tavares sobre artistas contemporâneos // quartas nas plataformas digitais do CCB

Dicionário de Artistas (#10)

Forma e Função, Joan Brossa

Por Gonçalo M. Tavares

image001 (3).jpg

 

Às quartas-feiras, é disponibilizado nas plataformas digitais um texto inédito

de Gonçalo M. Tavares sobre artistas contemporâneos, com leitura de Ana Zanatti.

Para ler em www.ccb.pt e ouvir no spotify do CCB.

Forma e função

 

dedicado a Joan Brossa

 

Nenhuma arma que queira ser respeitada pode ser construída a tricôt, com tecido. A arma, pelo contrário, deverá ser uma coisa espessa, um material que quando pousado a certa velocidade sobre o inimigo o esmague, o triture, o faça desaparecer, se possível - como a diluição rápida do açúcar na água. Uma explosão é um processo químico de dissolução humana, que infelizmente deixa vestígios pretos: sujam o chão.

Vejamos: a função do artista é baralhar formas e funções, como quem baralha cartas. Eis as operações necessárias: primeiro separa-se a forma da função, da coisa 1, depois a forma e a função da coisa dois; e assim sucessivamente até às cem coisas. Desta maneira, o artista tem na mão, não 100 coisas, mas duzentas – forma e função de cada coisa vezes 100. Essas duzentas coisas serão então, como dissemos, baralhadas como quem baralha cartas. Depois tiram-se, ao acaso, pares. A forma 14 pode juntar-se à função 75.

E eis que está no mundo um novo objecto: o objecto único que tem a forma 14 e a função 75. Dizem: não é útil e é estranho. Outros dizem: eis que a poesia finalmente ocupa volume no mundo.

Um verso pode interferir em dois metros quadrados de terreno. E já é bom.

_________

 

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.