Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Cultura de Borla

A Cultura que não tem preço.

Cendrev _ Julho/Agosto_ Até Setembro

cabecalhoJulho2.jpg

 

ESPECTÁCULOS EM DIGRESSÃO

purgatorio3.jpg

 “Purgatório”, conta a história de um homem, ex-engenheiro, que abalado pelas andanças do mundo, decide afastar-se do convívio de familiares e amigos, e continuar a sua vida na periferia da cidade, abrigando-se numa velha rulote de circo - que chegou a servir na venda de churros e farturas - e cultivando numa pequena horta os legumes para o seu gaspacho. Vera procura convencê-lo a voltar para casa, mas para António isso significa perder, regressar ao mundo injusto imposto pelos outros. A última coisa a morrer nem é a esperança, é a dignidade. Incapaz de enfrentar a obstinação de António, Vera encontra uma solução, mas, ainda assim, António resiste.
Um universo teatral carregado de paralelos com muitas histórias quotidianas, um mergulho na sociedade dos nossos dias, onde a gestão de cada dia vai moldando a capacidade de gerir tensões e situações que a todo o momento podem eclodir. 


 > Dias 29 de Julho - Auditório do Jardim Público de Landeira - Vendas Novas, às 21h30. 

FICHA TÉCNICA 
Autor: Abel Neves / Encenação: José Russo / Cenografia e figurinos: Sérgio Vida / Iluminação: António Rebocho / Banda sonora: João Bacelar / Interpretação: Maria Marrafa e Rui Nuno / Direcção técnica: António Rebocho / Construção e montagem: Paulo Carocho e Tomé Baixinho / Secretariado: Ana Duarte / Produção: Cláudia Silvano / Comunicação: Alexandra Mariano e José Neto / Fotografia: Paulo Nuno / Design gráfico: Milideias Comunicação Visual Ld.ª
Agradecimentos ao nosso colega e amigo Tójó que nos cede generosamente um conjunto de máscaras da sua coleção.
Duração aproximada: 1h30min. / Classificação Etária: M/12



ESPECTÁCULO EM PRODUÇÃO

EmbarcacaoInferno2.jpg

 

O Cendrev e a Escola da Noite, há muito parceiros de cooperação e intercâmbios juntam-se agora em palco para representar Gil Vicente que tão bem conhecem.
São das companhias de teatro portuguesas que mais vezes visitaram a obra de Gil Vicente. Partilham a admiração pela obra deste autor e a forma como gostam de a trabalhar: com abordagens cénicas contemporâneas, feitas com o desafio e o prazer acrescidos de respeitar os textos originais.
Nenhum dos grupos apresentou alguma vez o “Auto da Barca do Inferno”. Dir-se-ia, ainda que não seja verdade, que estavam à espera de poderem fazê-lo juntos e no ano em que se comemora os 500 anos da mais conhecida peça vicentina.
Os ensaios já começaram em Coimbra e em Setembro mudam-se para Évora. No dia 6 de Outubro a peça estreia-se no Teatro Garcia de Resende em Évora e fica em cena até ao dia 30.


 > Estão reservadas sessões para Grupos Escolares entre 12 e 28 de Outubro. 
 
FICHA TÉCNICA
Autor e direcção: Gabriel Fariza / Construção de marionetas: Teatro La Estrella / Actor: David Fariza / Técnica: Sandrine Costa / Companhia: Teatro de Marionetas La Estrella
www.teatrolaestrella.com
Duração aproximada 25min.

 

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.