Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Cultura de Borla

A Cultura que não tem preço.

: Cendrev | ainda há muito para ver | Julho

cabecalhoJUlho.jpg

 

No mês de Julho ainda há muito para ver! Nós vamos andar por aqui e por ali e há companhias que nos vêm visitar. Fique por dentro de tudo o que está para acontecer e reserve o seu lugar, na fila da frente.


ESPECTÁCULOS EM DIGRESSÃO

ÑAQUE, OU SOBRE PIOLHOS E ACTORES
Vamos estar na estrada com esta peça da autoria de José Sanchis Sinisterra, representante do movimento que veio a denominar-se Nueva Dramaturgia, onde o texto volta ao primeiro plano do trabalho teatral.
A peça mostra-nos Rios e Solano que arrastando uma velha arca que guarda todo o aparato teatral, chegam ao “aqui” e “agora” da representação, procedentes de um longo vagabundear através do espaço e do tempo. Hão-de apresentar perante o público um tosco espectáculo, mas o cansaço, as dúvidas e os temores atrasam, interrompem uma e outra vez a actuação, num diálogo deliberado que os aparenta a Vladimiro e Estragón, os amigos clowns de Samuel Beckett.
Venha ver!

Os espectáculos realizados nos espaços urbanos da cidade de Évora, são integrados na programação do “Artes à Rua – Festival de Artes Públicas, organizado pelo Município de Évora e têm o apoio das Juntas de Freguesia.


 Dia 10 de Julho, às 22h00 
 Largo Chão das Covas - Évora 

 Dia 12 de Julho, às 22h00 
 Bairro do Bacelo – Jardim da Juventude 

 Dia 13 de Julho, às 22h00 
 Sr.ª da Saúde – Relvado dos Álamos 

 Dia 15 de Julho, às 21h30 
 S. Sebastião da Giesteira /  Largo Francisca Mata (frente ao edifício da Junta de Freguesia) 

 Dia 20 de Julho, às 22h00 
 Horta das Figueiras – Zona Verde da Vila Lusitano 

 Dia 22 de Julho, às 21h30 
 Castelo do Alandroal 


FICHA TÉCNICA 
autor José Sanchis Sinisterra | tradução José Carlos González | interpretação e encenação José Russo e Jorge Baião | cenografia e guarda-roupa Helena Calvet | desenho musical Domingos Galésio | iluminação António Rebocho | construção Tomé Baixinho e Paulo Carocho | secretariado Ana Duarte | produção Cláudia Silvano | fotografia Paulo Nuno Silva | comunicação Alexandra Mariano e José Neto | design gráfico Milideias | duração 75 min. | classificação etária M/12.

 

sozinho.jpg

 SOZINHO

A peça que estreámos este ano já passou para além do palco do Garcia de Resende e chega a outros palcos, a outras gentes. E que bom que assim é! É um espectáculo que é para todos, onde a brincar se fala de coisas sérias. Um espectáculo que vale bem a pena ser visto! 

"Não falo com ninguém há mais de três semanas e a minha voz parece ter de alguma forma encolhido, não tem timbre e é quase inaudível; esta manhã, a criada não compreendeu nada do que eu lhe dizia, e fui obrigado a repetir várias vezes a mesma coisa. Isto deixou-me inquieto."
Este fragmento de "Seul" obra escrita por August Strindberg nos últimos anos de vida, onde o grande dramaturgo sueco faz uma verdadeira autópsia da sua solidão, foi o ponto de partida para Börje Lindström construir este "Sozinho" que agora apresentamos.


 Dias 19 e 20 de Julho, às 21h30 
 Pequeno Auditório do Theatro Circo em Braga 


FICHA TÉCNICA
autor Börje Lindström | versão portuguesa Rosário Gonzaga a partir da tradução francesa de Anne Barlind | encenação Rosário Gonzaga | cenário e figurinos Leonor Serpa Branco | assistente de cenografia e adereços Victor Zambujo | música António Bexiga | iluminação e direcção técnica António Rebocho | actores Maria Marrafa e Rui Nuno | construção e montagem Paulo Carocho, Tomé Baixinho e Tomé Antas | secretariado Ana Duarte | produção Cláudia Silvano | comunicação Alexandra Mariano e José Neto | fotografia Paulo Nuno Silva | design gráfico Milideias | duração 60min. | classificação etária M/6.


ESPECTÁCULO DE ACOLHIMENTO

 

exploradores.jpg

 EXPLORADORES DA SERRA 

O Teatro do Montemuro traz até nós esta peça com texto e encenação de José Carretas, sobre um grupo de uma aldeia serrana que visita a cidade para levar pessoas de volta para a sua aldeia, porque na serra há cada vez menos gente, quase ao ponto da desertificação.
A Aldeia chama-se Manta Comprida. Os serranos chamam-se: Abel Pinga-Amor; Beatriz Trovoada; Eduardo Bom Pastor; Leonor Carne Assada; Paulo Feijoca e Manel Fala-Fala.

Espectáculo gratuito ao ar livre 


 Dia 20 de Julho, às 22h00 
 Largo Chão das Covas - Évora 


FICHA TÉCNICA
texto e encenação José Carretas | cenografia e figurinos Ana Limpinho | direção musical Ana Bento | interpretação Abel Duarte, Beatriz Wellenkamp, Eduardo Correia, Leonor WellenKamp, Manuel Brásio e Paulo Duarte | construção de cenários e adereços Carlos Cal, Maria da Conceição Almeida, Costureiras Capuchinhas crl e Maria do Carmo Félix | desenho de luz Paulo Duarte | direção de cena Abel Duarte | direção de comunicação e produção Paula Teixeira | duração: 60 min. | classificação etária: M/3.

 

aIlha.jpg

 A ILHA DOS ESCRAVOS

A companhia de Teatro das Beiras vem a Évora apresentar a comédia A Ilha dos Escravos. 
Em 1725 Pierre de Marivaux escreve “A Ilha dos Escravos”, uma comédia utópica. Quatro sobreviventes de um naufrágio abordam a uma ilha onde as leis em vigor implicam mudanças drásticas de comportamentos. Amos e criados invertem os seus papéis e após fazerem prova de adaptação a uma nova ordem social, poderem assim reconquistar a liberdade e retomar a viagem de regresso aos seus lugares de origem.   

 Dia 21 de Julho, às 21h30 
 Teatro Garcia de Resende 

FICHA TÉCNICA
tradução Luís Miguel Cintra | encenação Gil Salgueiro Nave | cenografia e figurinos Luís Mouro | desenho de luz Fernando Sena | interpretação Fernando Landeira, Margarida Calaveiras, Miguel Telmo, Roberto Jácome e Sílvia Morais | duração: 70 min. | classificação etária: M/6.

BILHETEIRA 
Preço Normal: 6 Euros | Sócios do Sindicato dos Professores da Zona Sul (SPZS): 4 Euros | Descontos 50%: até aos 12 anos, Estudantes, + 65 anos, Reformados/Pensionistas, Funcionários da C.M.Évora, Grupos Escolares e outros + de 12 pessoas: 3 Euros | Funciona o Cartão PassaporTeatro (estudante) 3 Euros e Cartão PassaporTeatro Sénior (Assinatura Anual).

 


BILHETEIRA
Informações e Reservas: 266 703 112 | Email: geral@cendrev.com