Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Cultura de Borla

A Cultura que não tem preço.

Centenário das Aparições de Fátima: "Figuras e Charlas D’Aire" apresentado a 3 de novembro

43695018-178c-4887-a4e4-426cabf8b6ce.jpg

 

 

Nos cem anos das Aparições, um livro que retrata as tradições e as gentes de Fátima
Figuras e Charlas D’Aire apresentado a 3 de novembro
 

“A leitura desta obra fará o leitor embrenhar-se prazerosamente nas faldas da Serra d´Aire e sentir o pulsar telúrico que forjou  a identidade dos fatimenses, mas poderíamos dizer dos portugueses.”
 Tomé Vieira
 

 

A Junta de Freguesia de Fátima, o autor, António das Neves Martins, e a editora Alma Lusa convidam para o lançamento do livro Figuras e Charlas D’Aire
 
A primeira apresentação desta obra narrativo-poética decorrerá a 3 de novembro, às 21:00, no restaurante típico O Truão, em Boleiros, localidade da freguesia de Fátima de onde o autor é natural. A apresentação estará a cargo de José das Neves Martins, irmão do autor e responsável pela Biblioteca Pública de Fátima.  

“Gostava muito de ver as pessoas sobre quem escrevo ou os seus familiares, porque já nem todos estão vivos, nesta apresentação do livro em Boleiros”, afirma Neves Martins, que destaca que a data de lançamento da obra coincide com os 32 anos d’ O Truão, de que é proprietário, e, também por isso, o momento será duplamente festivo.

Figuras e Charlas D’Aire surge como resposta a um convite da Junta de Freguesia de Fátima ao autor. O desafio de, no ano do Centenário das Aparições, “deixar um registo escrito, em forma de homenagem, daquilo que a Freguesia de Fátima tem de mais genuíno, resquício de uma ancestralidade muito própria”, explica um dos elementos do executivo da autarquia local, Tomé Vieira. 

Tomé Vieira, que assina o prefácio, antecipa o que trata a publicação: “Além do enorme valor como repositório de usos e costumes, como testemunho das teias que o relacionamento familiar e popular tem urdido ao logo dos séculos, como compilação de pistas etnográficas e como exercício de elogio ao melhor folclore serrano, é uma obra valiosa em termos puramente linguísticos”. 

António das Neves Martins assina Figuras e Charlas D’Aire com o pseudónimo Frondera Deslandes. Escrito nas formas narrativa e poética, o livro é valorizado com um conjunto de ilustrações originais do professor Neves Martins.

O autor tem publicadas, por iniciativa de antigos alunos do Clube de História e Antropologia do Centro de Estudos de Fátima, O Sema, a Seiva + Eu, datado de 1993, e Deste cais à Beira-Mágoa, uma publicação conjunta da Escola Profissional e da Câmara Municipal de Ourém, de 1995. 

António das Neves Martins escreveu ainda, em 2004, para o Departamento de Literaturas Românicas da Faculdade de Letras de Universidade de Lisboa, José de Alencar: Nova Viseira; Novo Elmo; Outras Guerras, no contexto da sua tese de mestrado em Literaturas Românicas pela mesma faculdade.

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.