Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Cultura de Borla

A Cultura que não tem preço.

CICLO À TARDE NO MUSEU | Piano a 4 mãos | Catarina Sousa e Nuno Soares | 28 ABRIL, QUINTA, 19h

13029442_1094814180575357_2093175115159189107_o.jp

 

 
Organização: Associação dos Amigos do Museu Nacional da Música
Comissária: Ana Paula Russo
 
Começando pelas “Histórias desesquecidas” de Michel Fourgon, compositor belga contemporâneo, que dão o mote a este concerto, viajamos por várias histórias que convocam outras tantas histórias do nosso imaginário. Passamos então para “A bela excêntrica” de Erik Satie que nos conta a história de uma França do início do século XX e continuamos com a “Pequena Suite” de Claude Debussy que estando ali mesmo perto, nos mostra uma história diferente da mesma França. Terminamos com uma viagem para o outro lado da Europa para, através das “Imagens de Leste” de Robert Schumann, vos contarmos um pouco do Romantismo alemão.
 
Programa: Michel Fourgon | Erik Satie | Claude Debussy | Robert Schumann 
 
Catarina Sousa nasceu em Lisboa e começou a estudar música aos 6 anos com Eileen Capelo. Mais tarde ingressou na Escola de Música do Conservatório Nacional onde completou o curso de piano na classe de António Toscano. Iniciou os estudos superiores de Música – Piano na Universidade de Évora com Miguel Borges Coelho e terminou a Licenciatura na École Normale de Musique Alfred Cortot, na classe de Patricia Thomas e na Université Sorbonne. Prosseguiu estudos no Conservatoire de Musique de la Ville du Luxembourg, no Institut Supérieur de Musique et Pédagogie em Namur (Bélgica) onde completou o Mestrado de Piano e a Agregação ao Ensino Secundário Superior e, o Mestrado em Psicologia e Didáctica da Música. Participou em vários cursos e master-classes de piano com Pedro Burmester, Helena Sá e Costa, entre outros. Realizou vários recitais quer a solo, quer em música de câmara ou em orquestra, em Portugal, França, Luxemburgo e Bélgica. Actualmente lecciona piano e música de câmara na Academia de Música de Almada. É uma das coordenadoras e membro do júri de Piano do Concurso Internacional de Música Cidade de Almada. Lisboa, em 1985. 
 
Nuno Soares nasceu em Lisboa em 1985. Iniciou os estudos musicais aos 10 anos de idade, no Conservatório Regional de Setúbal, na classe de António Toscano, concluindo o 6º grau do curso de piano. Fez a Licenciatura de Música, vertente de Piano Performance, da Univ. de Évora, onde foi aluno de João Lucena e Vale, tendo ainda estudado canto com Liliana Bizineche e análise musical com Christopher Bochmann. Ingressa no curso de Pós-graduação em interpretação pianística na Esc. Sup. de Música da Catalunha, na classe de Pierre Réach, tendo então realizado uma série de recitais. Atualmente frequenta o 2º ano do Mestrado em Ensino de Música, especializando-se no ensino de piano. Participou em vários recitais e projectos transdisciplinares. Desde 2010 que lecciona a disciplina de Piano e Música de Câmara em Instituições de Ensino Oficial da Música, no Conservatório de Música e Artes do Dão, Academia de Música de Ourém (Ourearte) e na Academia de Música de Almada. Tem considerável experiência no ensino de Piano e Expressão/ Formação Musical, tendo colaborado em vários projectos de Formação Artística.