Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Cultura de Borla

A Cultura que não tem preço.

Ciclo de Cinema + Debates | Chiado, 3-6 Outubro

A Fundação Francisco Manuel dos Santos realiza o seu encontro anual no próximo dia 7 de outubro, dedicado ao tema “Que democracia?”. O local escolhido para acolher este evento foi o Chiado, onde o Teatro São Luiz irá desempenhar o papel de palco principal. Dos oradores convidados, destacaria o prémio Nobel da literatura, Mario Vargas Llosa. (Podem consultar toda a informação aqui).

 

Nos dias que antecedem o encontro, a FFMS tem duas iniciativas gratuitas, abertas ao público, que ambicionam trazer ao Chiado ainda mais gente: os "Fins de Tarde no Jardim da Fundação", um conjunto de debates a decorrer no Jardim da Fidelidade (Largo do Chiado, Nº 8), e um ciclo de cinema ligado à temática da democracia, que conta com a curadoria de Pedro Mexia e terá lugar no Teatro São Luiz.

 

 

“FINS DE TARDE NO JARDIM DA FUNDAÇÃO”

 

 

DEMOCRACIA E MÚSICA

Dia 4/10 (18h30)

Oradores: Sérgio Godinho, Sónia Tavares e David Fonseca

Moderação: Vítor Moura Pinto

 

Conceito: Não existe democracia sem palavra. Dita, falada, escrita. Agora que a democracia já tem idade para ser adulta, que histórias e narrativas estão por contar? Haverá diferenças entre uma literatura em tempos de chumbo e uma literatura sem outra censura que não as ideias lançadas para o lixo pelo próprio autor? A paz, o pão, a habitação, a saúde e um parágrafo bem escrito?

 

 

DEMOCRACIA E LITERATURA

Dia 5/10 (18h30)

Oradores: Mário de Carvalho, Dulce Maria Cardoso e João Pereira Coutinho

Moderação: Francisco José Viegas

 

Conceito: A música já foi uma arma. Qual é, hoje, o seu papel na construção da democracia? Esperam os portugueses demais dos músicos? Por outro lado, a proliferação de concertos e de festivais é um sinal de um acesso mais democrático à música? A atomização da indústria discográfica e da distribuição devolveu às pessoas um maior controlo sobre o que ouvem ou fazem falta gatekeepers que ajudem a organizar o que ouvimos? O ensino da música já é democrático ou continua a ser só uma disciplina escolar completamente inútil?

 

 

LANÇAMENTO ENSAIO: “DEMOCRACIA NA EUROPA”

Dia 6/10 (18h30)

Oradores: Catherine Moury e António Goucha Soares

Moderação: António Araújo

 

Conceito: A União Europeia ainda é uma democracia? Alguma vez o foi? As suas decisões são legítimas? Este livro aborda estas questões, procurando ajudar a compreender como funciona a UE e até que ponto a mesma é democrática. É argumentado que a democracia europeia se aperfeiçoou, em grande parte graças à própria ambição do Parlamento Europeu pelo poder. Porém, a crise da dívida soberana – que transferiu a tomada de decisão para fora das estruturas formais da UE – tem agravado dramaticamente o problema democrático da UE.

 

 

“CICLO DE CINEMA” no Teatro São Luiz

 

A ÁRVORE, O PRESIDENTE E A VIDEOTECA (1993), de Eric Rohmer

Dia 3/10 (21h30)

 

ELEIÇÕES (1999), de Alexander Payne

Dia 4/10 (21h30)

 

A ONDA (2008), de Dennis Gansel

Dia 5/10 (21h30)

 

CORIOLANO (2011), de Ralph Fiennes

Dia 6/10 (21h30)