Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Cultura de Borla

A Cultura que não tem preço.

Com música de PZ e Rodrigo Vaiapraia: "Could Be Worse: The Musical" > 27 FEV a 8 MAR no São Luiz Teatro Municipal, em Lisboa

2ba6a2b3-1fe5-4f06-948c-85744c49fdb8.png

 

A banda sonora vai estar disponível online esta semana
 

Could Be Worse: The Musical,
de Cão Solteiro & André Godinho,
com música de PZ e Rodrigo Vaiapraia

 

Could Be Worse: The Musical, um espectáculo do Teatro Cão Solteiro & André Godinho, é apresentado em Lisboa, no Teatro São Luiz, de 27 de Fevereiro a 8 de Março (de Quinta a Domingo).

Com música original de PZ e música original adicional de Rodrigo Vaiapraia (que também participa como intérprete), Rui Antunes e Violeta Azevedo, a banda sonora vai estar disponível esta semana na plataforma Bandcamp.

Could Be Worse: The Musical tem texto de José Maria Vieira Mendes, coreografia de Sónia Baptista e Gonçalo Egito e conta com a presença em palco de André Godinho, Cecília Henriques, Gonçalo Egito, João Duarte Costa, Mariana Magalhães, Patrícia da Silva, Paula Sá Nogueira, Rodrigo Vaiapraia, e Tiago Jácome.

Neste espectáculo, o grupo faz semanalmente uma reunião de Artistas Anónimos para procurar ajuda daqueles que, tal como eles, decidiram fazer da arte uma profissão e que buscam, numa tentativa vã, deixar de ser quem são e encontrar a cura para o que nunca vai poder curar-se. Um musical que não é completamente feliz. “Podia ser pior”!

Os figurinos de Mariana Sá Nogueira partem de referências teatrais e cinematográficas distintas que se misturam com roupas usadas no dia-a-dia, misturando tempos, géneros e sentidos de época. O artista Vasco Araújo assina a coreografia, um espaço que nos remete para a sala de Huis Clos, a peça onde Jean-Paul Sartre apresenta uma versão existencialista do Inferno. À mistura muita música e um placard cheio de LEDs multicoloridos numa espectáculo que reflecte sobre o papel da arte e dos artistas num contexto de depressão pós-pop.

Com uma colaboração que se mantém desde 2007, Could Be Worse: The Musical é o mais recente trabalho e primeiro musical da parceria entre o Cão Solteiro e André Godinho, prosseguindo uma pesquisa de intersecção do cinema com o teatro, onde desta vez há uma abordagem a um dos géneros mais amados do cinema clássico norte-americano: o musical.

Como pergunta Susan Sontag em Film and Theatre, “existe alguma coisa genuinamente cinematográfica?” e, neste caso, existe alguma coisa genuinamente teatral? As peças anteriormente produzidas, no âmbito da parceria entre o Cão Solteiro e André Godinho, exploram diversos pressupostos do cinema e do teatro, desde a relação entre as imagens e a narrativa (3, 2007), passando pela exposição dos mecanismos de construção, desafiando o lugar do espectador (Play The Film, 2011), à reflexão sobre a continuidade de lugar, sequência e montagem (Were Gonna Be Alright, 2017), construído a partir dos efeitos especiais usados nos blockbusters.

Após o espectáculo da noite de 6 de Março, realiza-se uma conversa com os artistas moderada por Maria Sequeira Mendes, Nuno Fonseca e Pedro Faro.
 

São Luiz Teatro Municipal
Sala Luis Miguel Cintra
27 Fevereiro a 8 Março
Quinta 20:00
Sexta e Sábado 21:00
Domingo 17:30
Bilhetes: 12€ a 15€ (com descontos)
M/12
Duração: 1h40 (aprox.)
Site

 

criação Cão Solteiro & André Godinho
música original PZ
música original adicional Rodrigo Vaiapraia, Rui Antunes, Violeta Azevedo
texto José Maria Vieira Mendes
figurinos Mariana Sá Nogueira
cenografia Vasco Araújo
desenho de som João Moreira
coreografia Sónia Baptista, Gonçalo Egito
desenho de luz Daniel Worm D’Assumpção
preparação vocal Rui Baeta
mistura e masterização Zé Nando Pimenta
assistente de figurinos Inês Ariana
adereços de figurinos Nuno Tomaz, João Caldas (tricot)
costura Mestra Teresa Louro, Mestra Rosário Balbi
construção de cenografia Heróis ao Rubro
produção e fotografia Joana Dilão
actores André Godinho, Cecília Henriques, Gonçalo Egito, João Duarte Costa, Mariana Magalhães, Patrícia da Silva, Paula Sá Nogueira, Rodrigo Vaiapraia, Tiago Jácome
textos para programa e conversa com os espectadores Maria Sequeira Mendes, Nuno Fonseca, Pedro Faro