Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Cultura de Borla

A Cultura que não tem preço.

"Compota de Poesia", produção Língua de Trapo

 

O espetáculo estará em cena de 16 a 26 de FEVEREIRO na sala do café teatro no Centro Cultural da Malaposta.

QUI e SEX – 14H30 [PARA ESCOLAS POR MARCAÇÃO]
QUI a SÁB – 21H45 | DOM – 16H15


7€ | 5€ [DESCONTO PARA ESTUDANTES]

45 MINUTOS

M/12


 
 
SINOPSE

Devido ao elevado teor emocional, aconselha-se uma compota de poesia, 3 a 4 vezes por semana. Um consumidor assíduo descobrirá o sentido oculto das palavras e perceberá que a poesia pode tomar a forma de teatro, dança, canto … Não tem efeitos secundários perniciosos, mas atenção: causa habituação. Venha experimentar esta compota, sem qualquer compromisso!


Em cada espetáculo, 2 atores dramatizam poemas de Fernando Pessoa.

 

FICHA TÉCNICA

Texto: Poesia de Fernando Pessoa e heterónimos

Encenação: Paula Antunes

Elenco: Ana Videira, Francisco Gomes, Hugo Baptista, Natacha de Noronha e Pedro A. Rodrigues

Direção Musical e Sonoplastia: Hugo Baptista

Desenho de Luz e Operação Técnica: Ricardo Ladeira

Imagem Promocional: Pedro Miguel Sousa

Produção e Comunicação: Bruna Pereira

Direção Artística do Teatro Língua de Trapo

 

 

Duração: 45 minutos

Classificação etária: Maiores de 12