Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Cultura de Borla

A Cultura que não tem preço.

Concerto no Coliseu: NANDO REIS APRESENTA-SE A SOLO EM PORTUGAL

image001.jpg

 

Estrela do pop rock brasileiro, ex-baixista dos Titãs faz concerto na quinta-feira, dia 28, no Coliseu dos Recreios e no dia 7 de abril no Coliseu Porto Ageas

Uma das maiores estrelas do pop-rock do Brasil, Nando Reis fará dois concertos em Portugal nos próximos dias. O artista apresentará alguns de seus inúmeros hits em versão acústica, que é a proposta da turnê “Nando Reis – Voz e violão”, em duas ocasiões: no dia 28 de março no Coliseu dos Recreios, em Lisboa, e no dia 7 de abril, no Coliseu Porto Ageas. Além de Lisboa e Porto, a digressão europeia do artista inclui apresentações em Amesterdão, Paris, Londres, Galway, Dublin e Barcelona.

 

O objetivo do show é apresentar as canções exatamente como foram concebidas. No palco, somente o artista e seu violão, combinando a doce vibração das cordas com sua voz e algumas batidas no instrumento, que funciona às vezes de percussão. O público pode esperar uma apresentação emocionante. Nando Reis - Voz e Violão surgiu a partir da gravação do show ao vivo realizado em fevereiro de 2015 em São Paulo, diante de um público de quase quatro mil pessoas.

 

Além do sucesso como cantor, Nando Reis é compositor de grande êxitos gravados por Marisa Monte, Cássia Eller, Ivete Sangalo e os grupos Jota Quest, Skank, Cidade Negra, entre outros. Várias de suas canções são conhecidas dos portugueses na voz de outros artistas. É o caso, por exemplo, de "O Segundo Sol", música do genérico da telenovela de mesmo nome, atualmente no ar pela SIC. Outras canções de Nando Reis que fizeram parte de bandas sonoras de telenovelas são “Pra Você Guardei o Amor” (“Além do Tempo”), “Espatódea” (“Paraíso Tropical”) e “Sou dela” (“A Favorita”).

 

O repertório do concerto que o artista trará a Portugal é composto por hits como “All Star”, “Diariamente  e “Relicário”. Também marcam presença novas versões de seus clássicos, como “Luz dos Olhos”,  “Quem Vai Dizer Tchau” e “Nos Seus Olhos”.

 

"Das outras vezes que toquei fora no Brasil, a plateia era composta em sua maioria por brasileiros e isso deu uma conotação muito emocionante para os shows. Percebi que brasileiros que moram fora, e mesmo eu quando estou fora a passeio e escuto uma música brasileira, alguma coisa acontece no meu coração. É muito louco. A gente nesse momento no Brasil quando o país está nas mãos desse desgoverno, assistindo coisas assustadoras perdemos a perspectiva do que é o Brasil, do que ele significa para a gente", contou Nando, de 56 anos, em live para promover a turnês nas suas redes sociais.

 

 

 

Biografia

 

Aos 56 anos de idade e com mais de 30 anos de estrada, Nando Reis é dono de uma carreira brilhante como solista, reconhecido com três prêmios Grammy - o mais recente em 2016, com o álbum Jardim Pomar, vencedor do Grammy Latino na categoria Melhor Álbum de Rock ou Música Alternativa em Língua Portuguesa.

 

Ao longo dos 20 anos em que atuou como baixista e vocalista na banda Titãs, Nando Reis desenvolveu seu talento em 13 álbuns gravados entre 1984 e 2001. Em sua performance como solista, iniciada em 1995, já soma oito álbuns de própria autoria. Além disso, ele atua como produtor para muitos artistas e tem colaborações com outros grandes nomes da música brasileira, tais como Gilberto Gil, Gal Costa, Caetano Veloso, Cássia Eller e Marisa Monte, entre outros.

 

Em seu mais recente trabalho, Nando Reis contou com as participações luxuosas de artistas como Peter Buck, ex-guitarrista do REM, e Mike McCready, guitarrista do Pearl Jam. O álbum foi produzido nos Estados Unidos, pelo próprio Nando Reis, ao lado do produtor Jack Endino, um personagem chave na história do grunge de Seattle: foi Endino que lançou os primeiros discos do Nirvana (Bleach, 1989) e Soundgarden (Screaming Life, 1987).

 

A variedade de sucessos criados por Nando Reis nos gêneros rock e pop rock faz dele uma referência na música brasileira. Para compreender a sua importância, basta considerar o ano de 2016, quando foi o sexto artista mais ouvido do país ao vivo, suas canções alcançaram a 13ª posição entre as mais tocadas no rádio e ele obteve, ainda, a colocação número 1 na categoria som ambiente.

NANDO REIS EM PORTUGAL:

Lisboa:
28 de março, às 22h, no Coliseu dos Recreios.
Bilhetes: https://www.bol.pt/Comprar/Bilhetes/70221-nando_reis_voz_e_violao-coliseu_de_lisboa/

Porto:
7 de abril, às 22h, no Coliseu Porto Ageas.
Bilhetes: https://ticketline.sapo.pt/evento/nando-reis-39243/sessao/64490_16_1554670800