Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Cultura de Borla

A Cultura que não tem preço.

Concertos com História viajam pelo Brasil, Angola e Moçambique _ Orfeão de Leiria Conservatório de Artes promove interculturalidade

A 18 de janeiro estreia a temporada de 2019 com “a paixão pela música” brasileira

 

Concertos com História

viajam pelo Brasil, Angola e Moçambique

 

Concertos com História_Brasil_18012019.jpg

 

O ciclo “Concertos com História”, dinamizado pelo Orfeão de Leiria Conservatório de Artes (OLCA), no âmbito do projeto “Abraç’Artes – Interculturalidade”, propõe para 2019 viajar pela língua portuguesa e pelas sonoridades do Brasil, Angola e Moçambique. O primeiro concerto acontece já no dia 18 de janeiro, pelas 21h00, no Centro de Diálogo Intercultural de Leiria (CDIL), a antiga Igreja da Misericórdia, e é dedicado ao “Brasil. A paixão pela música – influências e identidades”.        

«Depois de, em 2018, termos passado pelo leste da Europa, nos concertos de celebração da cultura russa e ucraniana, e de nos termos “feito ao mar” para descobrir as tradições culturais do povo chileno, vamos agora conhecer as do Brasil, Angola e Moçambique, numa perspetiva de confluência de culturas e de enriquecimento mútuo», explica Acácio de Sousa, presidente do OLCA.

Os alunos do OLCA e os seus pais são novamente os protagonistas desta homenagem à cultura do mundo, que terá momentos de música, dança e também de comentário histórico, e oportunidade para conhecer instrumentos e outros objetos típicos do Brasil.

Acácio de Sousa revela que «os “Concertos com História” querem, sobretudo, valorizar a diversidade cultural que existe na nossa cidade através da performance e da partilha cultural, em que são dados a conhecer aos leirienses as tradições dos países, que estão sobretudo presentes na música e na dança». Com estreia a 18 de janeiro, com o concerto dedicado ao Brasil, este ciclo continuará nos meses de fevereiro e março, com concertos dedicados a Angola e Moçambique, respetivamente.

O “Abraç'Artes – Interculturalidade”, integrado no programa “Incluir com Arte” do OLCA, tem como objetivo promover a cooperação e o convívio intercultural através da música e da dança entre alunos de diferentes nacionalidades, assim como o reconhecimento e valorização da diversidade cultural como fonte de oportunidade e aprendizagem para todos. Este projeto é financiado com o apoio do Alto Comissariado para as Migrações, I.P. (ACM), financiado pelo Fundo Asilo, Migração e Integração (FAMI).