Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Cultura de Borla

A Cultura que não tem preço.

Concurso do Mês da Fotografia do Barreiro apresenta dos projetos vencedores

Imagem2.jpg

 

O Primeiro Prémio da 5ª Edição do Mês da Fotografia do Barreiro foi atribuído, por unanimidade, a Tânia Filipa dos Santos Soares, de Portimão, com o projeto “A Presença do Eu”. Pela segunda vez consecutiva, o Prémio Jovem Revelação foi atribuído a Rostam Farivar (Sébastien Jallaud), um jovem de 25 anos, residente no Barreiro, que apresentou a concurso uma série de cinco retratos.

 

Para além destes prémios e menções honrosas, o Júri selecionou para exposição, com entrada livre, que inaugura sexta-feira, 23 de novembro, pelas 18h00, no Auditório Municipal Augusto Cabrita (Piso 1 – Pequeno Auditório), mais três concorrentes: Carla Freitas (Alverca), Bernardo Alves (Entroncamento) e Fábio Miguel Roque (Barreiro). A mostra estará patente ao público até 30 dezembro.

 

O Júri decidiu atribuir, também, três menções honrosas a: Francisco Varela (Porto), com o projeto “LUX”; Gartempe (Alexandre Marinho, de Amarante), com o projeto “Véu de Maya” e Miguel Furtado Martins (Lisboa), com o projeto “(Des)conectado”.

 

A reunião de Júri do Concurso desta 5ª Edição do Mês da Fotografia decorreu no passado 25 de outubro, no Auditório Municipal Augusto Cabrita, contando com a presença dos fotógrafos Luís Mileu, Nuno Cabrita e Rita Carmo.

 

À semelhança dos anos anteriores, a seleção foi realizada anonimamente, procurando respeitar os seguintes critérios de avaliação: – Inovação, criatividade e características estéticas do trabalho; – Coerência e qualidade global do conjunto, assim como a originalidade do assunto abordado.

 

SELECIONADOS PARA EXPOSIÇÃO:

1º PRÉMIO – 750 €

Tânia Soares (Portimão), com o projeto “A Presença do Eu”

 

JOVEM REVELAÇÃO – 250 €

Sébastien Jallaud (Barreiro), com o projeto “Cinco Retratos"

 

MENÇÃO HONROSA

Francisco Varela (Porto), com o projeto “LUX”

Gartempe (Alexandre Marinho, de Amarante), com o projeto “Véu de Maya”

Miguel Furtado Martins (Lisboa), com o projeto “(Des)conectado”

 

Foram ainda escolhidos para a exposição os seguintes autores:

Carla Freitas (Alverca), com o projeto “Mãos que sabem – Os últimos Guardiões da Linha”

Bernardo Alves (Entroncamento), com o projeto “Where Mis tis Shaped”

Fábio Miguel Roque (Barreiro), com o projeto “Tales of Tétuoan”

 

+INFO: https://www.cm-barreiro.pt/pages/792?news_id=7168