Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Cultura de Borla

A Cultura que não tem preço.

Contar histórias com objetos do quotidiano é tema de workshop no âmbito do FOMe em Loulé

FOMe_Cartaz_Workshop.jpg

Estão abertas as inscrições para o workshop “The Acting Object”, ministrado pela londrina Helen Ainsworth, que decorrerá em Loulé no âmbito do FOMe – Festival de Objetos e Marionetas & Outros Comeres, no Auditório do Convento do Espírito Santo, entre os dias 24 e 27 de setembro, em horário pós-laboral.

O que a experiente marionetista questiona desde logo é a capacidade que temos (ou não) de contar histórias com os objetos do quotidiano. Como fazê-lo? E quais os limites de cada objeto? Mais: como representar uma personagem e quais as possibilidades de expressão que aquelas nos apresentam? Helen Ainsworth explorará estas questões através de exercícios, em grupo e individualmente.

A formadora acredita que a construção de marionetas não deve limitar-se ao design tradicional, nem à aplicação infantil, nem sequer às regras de representação. Aproxima-se da construção do boneco como objeto escultórico, embutido do misticismo e da magia que estão nas raízes primitivas da marioneta – na iconografia e na religião.

A frequência do workshop (dirigido a maiores de 16 anos) é gratuita e os interessados devem inscrever-se enviando um email para cinereservas@cm-loule.pt. No final da formação serão atribuídos certificados a todos os participantes.

 

CML/GAP /RP

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.