Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Cultura de Borla

A Cultura que não tem preço.

CRUELLA | FLORENCE + THE MACHINE INTERPRETAM A NOVA MÚSICA ORIGINAL “CALL ME CRUELLA” NO FILME DA DISNEY

“CALL ME CRUELLA”
FLORENCE + THE MACHINE INTERPRETAM A NOVA MÚSICA
ORIGINAL, NO NOVO FILME DA DISNEY, CRUELLA.


A banda sonora original do filme CRUELLA, composta por Nicholas Brittel,
o compositor nomeado ao OSCAR®,
tem lançamento agendado para o dia 21 de Maio

transferir.png

 

A banda multi-platina e vencedora de vários prémios internacionais, Florence + The Machine, foi escolhida para interpretar uma nova música original, "Call me Cruella", no novo filme de imagem real da Disney, CRUELLA“Call me Cruella” estará presente no filme, assim como no álbum da banda sonora original do filme e no álbum de partitura original. Ambos os álbuns, da Walt Disney Records, estarão disponíveis a partir de dia 21 de maio. Desfrute do filme, que irá estrear nos cinemas no dia 27 de maio e também estará disponível no Disney+ com Acesso Premium a um custo adicional único, no dia 28 de maio.

Sobre a colaboração em “Call me Cruella”, Florence disse: “Algumas das primeiras canções que aprendi a cantar foram canções da Disney e os vilões geralmente tinham os melhores números. Então para mim, ajudar a criar e executar uma música para CRUELLA é a realização de um sonho de infância. Estou muito grata ao Nicholas Brittell e à Disney por me permitirem ter tanta liberdade criativa e por me confiarem a bonita loucura de Cruella”.

Florence Welch é a compositora nomeada ao Grammy e líder da banda Florence + The Machine. Os seus quatro álbuns aclamados pela crítica venderam milhões de cópias em todo o mundo, com 3 álbuns no top 10 nos EUA. Além do Brit Award de Álbum do Ano, em 2009, pela estreia de Lungs, em 2015, How Big, How Blue, How Beautiful liderou as tabelas no Reino Unido e dos EUA. Florence ganhou o Ivor Novello International Achievementpela sua composição. Mais recentemente, Florence fez a sua estreia como atriz na série da HBO e da Sky Atlantic, "The Third Day".

Comentando a música, Britell disse: "Sou uma grande fã da Florence, por isso foi uma verdadeira alegria colaborar com ela em “Call me Cruella”. Com esta música e com a banda sonora de CRUELLA, o objetivo era adotar o estilo rock dos anos 60 e 70 em Londres. Gravámos tudo com equipamento vintage e fita analógica na Abbey Road e no AIR Studios em Londres, combinando elementos orquestrais com guitarras e baixos elétricos, órgãos, teclados e bateria".

transferir (3).jpg

 


As bandas sonoras do pianista e compositor, Nicholas Britell, duas vezes nomeado ao OSCAR® e vencedor do Emmy®, aparecem em alguns dos mais aclamados projetos de filmes da história recente, incluindo "If Beale Street Could Talk""Vice", "Moonlight", "The Big Short" e mais recentemente, “The King”. Para a televisão, Britell escreveu a banda sonora de Jenkins - "The Underground Railroad" e também compôs a banda sonora da série da HBO, "Succession", que ganhou o Emmy® de Melhor Tema Original. Atualmente encontra-se a compor a terceira temporada de “Succession” e “Don Don't Look Up” de Adam McKay.

CRUELLA é protagonizado por Emma Stone, Emma Thompson, Joel Fry, Paul Walter Hauser, Emily Beecham, Kirby Howell-Baptiste e Mark Strong. O filme é realizado por Craig Gillespie, a partir de um argumento de Dana Fox e Tony McNamara, com história de Aline Brosh McKenna e Kelly Marcel & Steve Zissis, baseada no romance “Os Cento e Um Dálmatas” de Dodie Smith. CRUELLA é produzido por Andrew Gunn, Marc Platt e Kristin Burr, Producers Guild of America com Emma Stone, Michelle Wright, Jared LeBoff e Glenn Close, como produtores executivos.