Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Cultura de Borla

A Cultura que não tem preço.

Cuba inspira Ciclo de Cinema no Auditório Municipal, em Pinhal Novo | Janeiro

Embaixadora participa em debate no encerramento

Cuba inspira Ciclo de Cinema no Auditório Municipal

 

Ao longo do mês de janeiro, o Auditório Municipal de Pinhal Novo recebe um Ciclo de Cinema onde a história e a cultura cubanas estarão em destaque. “Hacerse el sueco”, “Los Dioses Rotos” e “Habanastation” são os filmes a exibir, na versão original, com entrada livre mediante levantamento de bilhete.

A encerrar este ciclo, a 23 de janeiro, às 21h30, o Auditório recebe a iniciativa “Guerra contra Cuba: Razões, fins e consequências”, com a exibição do documentário “Ode à Revolução”,  seguida de debate com a participação da embaixadora de Cuba em Portugal, Johana Tablada de la Torre. A organização é da responsabilidade da Associação de Amizade Portugal Cuba, com o apoio da Câmara Municipal de Palmela.

 

 

Programação:

 

8 de janeiro | 21h30

“Hacerse el sueco”

B´Jorn, que afirma ser professor de literatura, chega a Cuba. Uma família de Havana não sabe o que fazer com o estrangeiro, a quem tentam hospedar na sua casa, com fins monetários. Esta é uma história sobre a amizade, os estereótipos, a aventura e o amor.

 

15 de janeiro | 21h30

“Los Dioses Rotos”

Laura é uma professorauniversitária que se dedica a investigar sobre o famoso proxeneta cubano Alberto Yarini y Ponce de León, assassinado por rivais franceses, que controlavam o negócio da prostituição na Habana do início do século XX. Interessada em conhecer mais sobre o personagem lendário, a professora entra numa das zonas mais complexas da realidade atual de Havana.

 

22 de janeiro | 21h30

“Habanastation”

As experiências de dois amigos e colegas de escola durante o Primeiro de Maio: uma história que revela faces distintas da realidade cubana, a partir do quotidiano de duas crianças na Havana de hoje. “La Tinta” é um bairro marginal, de nome imaginário, próximo da Plaza de la Revolución. Este será o principal cenário onde Mayito descobrirá uma outra Cuba, onde vive Carlos, bem afastada da sua casa luxuosa, em Miramar. Depois de se perder no desfile, o menino chega, por acidente, à comunidade periférica onde vive o seu colega de grupo.

 

23 de janeiro | 21:30

“Guerra contra Cuba: Razões, fins e consequências”

Passagem do Documentário “Ode à Revolução”, seguido de debate com a participação da embaixadora de Cuba em Portugal

Org: Associação de Amizade Portugal Cuba

Apoio: Câmara Municipal de Palmela

 

 

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.