Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Cultura de Borla

A Cultura que não tem preço.

Cuca Roseta lança fado “Portugal Sou Eu”

 

Capa%20CD_FadoPortugalSouEu.jpg

 

A fadista Cuca Roseta lançou o Fado “Portugal Sou Eu”, no primeiro Fórum do programa que decorreu hoje, dia 27 de novembro, no Centro de Congressos de Lisboa. (Para ouvir por favor fazer o download em: http://we.tl/FD9P1TqHD3)

Alexandre Borges e Cuca Roseta são, respetivamente, o autor e a compositora deste Fado que será editado pela Universal Music Portugal, ainda este mês.

A letra transporta-nos para a história, cultura e valores do povo português, exprimindo o sentimento de alegria e tristeza que coabitam permanentemente no espirito de cada um de nós. O arranjo musical, em tom de fado corrido, é assegurado por Bernardo Couto (guitarra portuguesa), Luis Pontes (guitarra clássica), Ricardo Cruz (baixo) e Mário Costa (bateria e precursões).

 

Se queres saber quem sou

Primeiro tens que entender

As ruas por onde vou

A cidade a amanhecer

 

Eu sou o vinho e o sal

A plateia e o fadista

O sabor tradicional (bis)

O invento futurista

 

Se tiver o Engenho e Arte

Que o poeta escreveu

Toda a gente em toda a parte

Portugal Sou Eu

 

Eu sou tudo o que virá

E mais o que aconteceu

Deus me deu ao Deus dará

Portugal Sou Eu

 

Ouve bem eu não te iludo

Sou sempre feliz e triste

Tenho saudades de tudo

E mais do que não existe

 

Duas almas em duelo

Dois lados do coração

Sou velho do Restelo (bis)

Ou sou D. Sebastião"

 

Cuca Roseta integra a lista de Embaixadores do “Portugal Sou Eu” juntamente com outras figuras públicas bem conhecidas da sociedade portuguesa, nomeadamente  Carlos Coelho, Carolina Piteira, Cláudia Vieira, Cristina Ferreira, Fernanda Freitas, Fernando Gomes, Henrique Sá Pessoa, João Manzarra, Júlio Isidro, Júlio Magalhães, Justa Nobre, Luís Buchinho, Luís Onofre, Rosa Mota e Vítor Sobral

 

Sobre o PORTUGAL SOU EU:

O programa “Portugal Sou Eu” foi lançado em Dezembro de 2012 pelo Governo de Portugal  para melhorar a competitividade das empresas portuguesas, promover o equilíbrio da balança comercial, combater o desemprego e contribuir para o crescimento sustentado da economia.

Até ao momento estão qualificados com o selo “Portugal Sou Eu” mais de 2500 produtos que, no seu conjunto, representam um volume de negócios agregado superior a 3,1 mil milhões de euros. A grande maioria dos produtos tem patentes e/ou marcas registadas e 76 por cento integra o setor da alimentação e bebidas. No portal www.portugalsoueu.pt estão registadas mais de 1100 empresas nacionais, cujos produtos estão em processo de qualificação.

São já várias as figuras públicas de diversos quadrantes da sociedade portuguesa que aceitaram o convite do Ministério da Economia para serem Embaixadoras do projeto. Através dos seus testemunhos e da presença em eventos, 16 Embaixadores do “Portugal Sou Eu” têm contribuído, através da participação em ações diversas, para sensibilizar e divulgar a iniciativa por todo o país.

O “Portugal Sou Eu” tem financiamento do programa Compete e é gerido por um órgão operacional, formado pela Associação Empresarial de Portugal (AEP), Associação Industrial Portuguesa-Câmara de Comércio e Indústria (AIP-CCI), Confederação dos Agricultores de Portugal (CAP) e pelo IAPMEI – Agência para a Competitividade e Inovação, IP, a quem compete coordenar este mesmo órgão.