Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Cultura de Borla

A Cultura que não tem preço.

Curta “Passaporte” é o vencedor do Prémio do Público do Mobile Film Festival

A curta-metragem de 1 minuto “Passaporte” destacou-se entre os restantes 19 projetos da lista de finalistas e conquistou o público, depois de duas semanas de votação. No final de maio, o júri escolherá os vencedores das restantes categorias: Grande Prémio, Prémio de Melhor Realizador, Prémio de Melhor Argumento e Prémio de Melhor Ator/Atriz.

 

image003.jpg

 

Com um total de 9.073 visualizações, o grande vencedor da categoria Prémio do Público do Mobile Film Festival foi o filme “Passaporte”, de Natália Nodari. A partir da projeção num corpo e recorrendo a diversos elementos, “Passaporte” reflete acerca da arbitrariedade das fronteiras que separam indivíduos e sociedades, bem como acerca da forma como essas fronteiras podem influenciar vidas. A produção esteve a cargo da guionista, Natália Nodari, e de Ciro Chiareli. É possível ver o filme vencedor aqui.

 

A votação teve início no dia 2 de maio e decorreu até dia 16, em www.mobilefilmfestival.pt. A concurso estavam 20 projetos, selecionados a partir de um conjunto de mais de 70 participantes. No TOP 20, em votação, constavam filmes de ficção, comédia e até documentários, com prevalência para o género drama com 10 curtas. Todos os projetos a concurso tinham em comum a duração de 1 minuto e gravados a partir de 1 dispositivo móvel.

 

Presidido pela atriz Rita Blanco, o júri é composto por João Canijo, realizador, Bruno Manique, realizador e presidente do Centro Portugal Film Commission, Luciana Peres, diretora de Comunicação e Responsabilidade Social do BNP Paribas em Portugal, e Sílvia Balea, adida de cooperação cultural e audiovisual do Institut Français Portugal.

 

14 anos depois do seu arranque em França, o Mobile Film Festival chegou a Portugal pelas mãos do BNP Paribas, enquanto principal patrocinador. Trata-se de um concurso internacional que pretende fomentar o interesse do público em geral pelo cinema. Aliando a cultura à inovação, a organização desenhou o concurso a partir de uma regra simples: 1 filme, 1 minuto, 1 dispositivo móvel.

 

Sobre o Mobile Film Festival

O Mobile Film Festival foi criado há 14 anos em França e tem feito um caminho de crescimento na defesa da igualdade e da descoberta, através do apoio e incentivo à 7ª Arte. Procurando acrescentar valor à criatividade dos amantes do cinema, o concurso permite contar uma história num minuto. A competição é 100% digital desde a sua criação, desenvolvendo-se de forma curta, divertida e de fácil visualização em qualquer formato: telemóvel, tablet, computador, TV e cinema.

A participação é composta pela criação de 1 filme de 1 minuto, através de 1 dispositivo móvel. Em Portugal, o vencedor será premiado com o valor de 5.000€ para criação do seu próprio filme, com o apoio de uma produtora local. Para além deste prémio existem ainda 4 distinções: prémio de melhor realizador; prémio de melhor ator/atriz; prémio de melhor argumento e o prémio atribuído pelo público.

www.mobilefilmfestival.pt

 

Sobre o Patrocinador do Concurso em Portugal, BNP Paribas Portugal

Presente no setor financeiro em Portugal desde 1985, O BNP Paribas conta com mais de 4.000 colaboradores nas suas várias entidades e áreas de negócio, que disponibilizam toda a gama de soluções do Grupo. Está também presente em Portugal através de centros de competências que prestam serviços de valor acrescentado para vários países onde o Grupo BNP Paribas está presente.

www.bnpparibas.pt

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.