Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Cultura de Borla

A Cultura que não tem preço.

Dá a Mão à Floresta dá a conhecer os “Cheiros da Floresta” e oferece árvores ao Dino Parque

image004.jpg

 

 

Muitos são os cheiros que vêm da floresta. Como tal, nos dias 26 e 27 de março, o “Dá a Mão à Floresta”, um projeto lúdico-educativo da The Navigator Company, dedicado a crianças dos 4 aos 10 anos, apresenta alguns destes aromas aos visitantes do Dino Parque, na Lourinhã, numa experiência marcada por uma forte componente sensorial.

 

A iniciativa “Cheiros de Floresta”, insere-se no âmbito das atividades que o parque temático, dedicado à história dos dinossauros, vai oferecer aos visitantes para assinalar e comemorar a sua semana do ambiente.

 

Além de poderem cheirar, imaginar e aprender sobre alguns dos muitos aromas que encontramos nas florestas portuguesas, ou que usamos no nosso dia a dia, os mais novos podem explorar e conhecer os muitos benefícios que as árvores nos proporcionam e levar para casa os seus cheiros preferidos, num saquinho de pano aromatizado.

 

No espaço do “Dá a Mão à Floresta” no Dino Parque, os mais novos poderão também realizar várias atividades em papel, relacionadas com a floresta e a proteção do ambiente. A revista Dá a Mão à Floresta será oferecida a todas as crianças presentes no evento.

 

A presença no Dino Parque é uma das várias atividades desenvolvidas pelo projeto “Dá a Mão à Floresta”, no âmbito do Dia Internacional das Florestas, que têm como principal objetivo sensibilizar o público infantojuvenil para a necessidade de proteger e valorizar a floresta nacional.

 

 

Plantação de árvores no Dino Parque

 

Além dos “Cheiros de Floresta” e da história dos dinossauros, será realizada uma plantação de árvores no Dino Parque, doadas pela The Navigator Company, através dos seus Viveiros Aliança. Esta iniciativa realiza-se no dia 21 de março, como forma de celebrar o Dia Internacional das Florestas.

 

Entre as árvores a plantar encontram-se espécies como o cedro-do-buçaco, o medronheiro ou carvalhos, que vão reforçar a área florestal deste parque ao ar livre.

 

Este é mais um contributo da Navigator para sensibilizar as camadas mais jovens para a necessidade de proteção da floresta e da sua biodiversidade. De salientar que, atualmente, nas florestas sob gestão da The Navigator Company estão identificadas 241 espécies de fauna e 800 espécies e subespécies de flora. Todas são alvo de monitorização regular, sobretudo aquelas com estatuto de conservação “em perigo”. Além disso, 4 162 hectares da área de floresta gerida pela Navigator estão classificados como habitats protegidos pela Rede Natura 2000.