Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Cultura de Borla

A Cultura que não tem preço.

De Júlio César ao Brexit tudo é revisitado em A Mais Breve História de Inglaterra

A Dom Quixote edita na próxima terça-feira, 13 de Julho, “A Mais Breve História de Inglaterra”, do britânico James Hawes, obra que, segundo a crítica, “faz um passeio cativante e assertivo pela história britânica, demostrando que muitas das tensões atuais estiveram sempre presentes."

Da madrugada de 27 de Agosto de 55 a.C. quando uma frota liderada por Júlio César chegou a Kent passando pelos Tudor, por Churchill ou Thatcher até chegar ao Brexit, por entre conquistas, impérios e guerras, o autor tece uma nova e profunda narrativa de Inglaterra.

A mais_breve_historia_de_inglaterra.jpg

 

“Aquilo a que hoje chamamos Inglaterra está dividido naturalmente: geologia, clima e geografia, tudo favorece o Sudeste. A ilha-fortaleza está dividida por uma linha que é anterior à invasão dos romanos; o seu destino tem estado sempre ligado aos dos países vizinhos, goste-se ou não; e há mil anos que se rege por um sistema de classes diferente de todos os outros no planeta. Os Ingleses devem, agora, pensar muito bem em o que é passado, o que está a passar‑se, e o que aí vem…”

James Hawes é autor de seis romances. Em “Speak for England (2005) previu o Brexit. O seu livro mais recente, A Mais Breve História da Alemanha, editado em Portugal, também pela Dom Quixote, é um “bestseller” internacional. 

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.