Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Cultura de Borla

A Cultura que não tem preço.

Deftones - Novo álbum e Apresentação no North Music Festival a 21 de Maio

603a2a27-d604-4d0f-8fbc-dc61aafc5c13.jpeg

 

Finalmente, é chegado o dia do lançamento do novo álbum discográfico dos Deftones: o tão esperado “Ohms” está agora disponível ao público. O álbum é assinado por Terry Date, produtor que trabalhou com o grupo em Around the Fur, White Pony e homónimo.
“Ohms” é o disco sucessor de Gore (2016) e, através dos singles “Ohms” e “Génesis” entretanto já disponibilizados, é perceptível que o caminho escolhido pela banda remete para a sonoridade do seu passado, como era de se esperar pela parceria com o produtor Date.
Chino Moreno já teceu comentários sobre o novo álbum de estúdio dos Deftones e reforçou a necessidade da banda continuar a desafiar-se criativamente: “Há pequenas coisas que tentámos fazer e que têm o objectivo de separação com o que já foi feito no passado”.

Chino Moreno refere que “Ohms” é um álbum  inequivocamente Deftones, pois a banda continua a expandir-se e a construir com base nas suas raízes e no seu próprio ADN. «Escrever e formatar uma canção não é difícil. Mas penso que é mais ou menos tentar não cair nessas fórmulas e apenas repetir as coisas que se fizeram no passado. Mesmo antes de fazermos isto, a cada entrevista que eu dava, perguntavam-me: ‘Como é que é o novo disco? Parece-te o White Pony? Será que soa assim?’ Acho que não. Acho que se tivesse de escolher um disco, provavelmente poderia encontrar um que soasse mais parecido. Obviamente, vai haver elementos. Penso que ainda somos nós, e a minha voz continua a ser a minha voz. Todos nós temos as nossas próprias características. Penso que quando se ouve uma canção dos Deftones, pode dizer-se que somos nós, mas a ideia é expandir o que fizemos no passado, para que isso possa ser um desafio».
O vocalista afirmou também que os Deftones não tentaram reinventar-se completamente em “Ohms”, mas sublinha: «Há pequenas coisas que eu penso que tentámos fazer para o separar do que fizemos no passado. Esses são os desafios, e com cada registo essa parte fica um pouco mais difícil. Quanto mais coisas se tem no paladar, mais fácil é repetir algumas dessas coisas. Portanto, a ideia é tentar chegar a outro paladar aqui e ali, e sacar coisas de diferentes influências».
Deftones marcam presença no North Music Festival, concretamente no dia 21 de Maio de 2021, onde, claro está, incluirão a apresentação do novo álbum no seu espetáculo.

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.