Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Cultura de Borla

A Cultura que não tem preço.

Doc's Kingdom: de 2 a 7 de Setembro, em Arcos de Valdevez

Doc's Kingdom 2018:
a “máquina do mundo”, em Arcos de Valdevez,
de 2 a 7 de Setembro

5cd313ab-a943-4107-8ff8-e5f6c18a45b0.png

 

O seminário Doc’s Kingdom é aberto ao público e as inscrições para todo o programa de sessões e debates custam 30€ (grátis para sócios Apordoc e residentes no concelho de Arcos de Valdevez) e podem ser efectuadas em www.docskingdom.org.

O Doc's Kingdom 2018 - Seminário Internacional sobre Cinema Documental, organizado pela Apordoc, responsável pelo festival Doclisboa, tem início no Domingo, 2 de Setembro às 21h, com a exibição do filme “Out of the Present”, do cineasta romeno Andrei Ujică, na Casa das Artes de Arcos de Valdevez, com a presença do realizador.

Entre 2 e 7 de Setembro de 2018, pelo quarto ano consecutivo em Arcos de Valdevez, o seminário Doc’s Kingdom reúne uma comunidade internacional de 100 participantes para um encontro intensivo de sessões e debates com a presença de 10 cineastas convidados. A partir de Segunda-feira, 3 de Setembro, cada dia é composto por sessões de cinema às 10h00, 14h30 e 21h00, seguidas de debates colectivos com a participação dos realizadores dos filmes exibidos.

O Doc’s Kingdom 2018 conta com a presença do realizador e professor romeno Andrei Ujică, da norte-americana Deborah Stratman, do português João Pedro Rodrigues, da palestiniana Jumana Manna, da brasileira Maria Augusta Ramos, do mexicano Nicolás Pereda e do colectivo Forensic Architecture, entre outros convidados internacionais.

A sessão pública de encerramento do seminário, Quinta-feira, 6 de Setembro às 21h30, conta com a exibição do filme “O Ornitólogo”, de João Pedro Rodrigues, premiado com a melhor realização no festival de Locarno e filmado na região do Douro. Este momento marcará também o início da parceria com o novo Clube de Cinema de Arcos de Valdevez, responsável, a partir de Setembro, pela programação de documentários nas sessões de cinema na Casa das Artes em colaboração com Apordoc, Doclisboa e Doc’s Kingdom.

Com o título “Máquina do Mundo”, inspirado em Camões, Drummond de Andrade e no Padre Himalaya, o Doc’s Kingdom 2018 é programado pela curadora brasileira Patrícia Mourão em colaboração com o director do seminário, Nuno Lisboa — “Do documentário observacional à arquitectura forense, o Doc’s Kingdom 2018 propõe um programa de investigações e experiências que reinvestem na capacidade do cinema mergulhar na contingência do tempo histórico e atestar pelos seus meios a evidência incontestável do real. Que estratégias estão a adoptar cineastas, artistas e cientistas para nos devolver uma imagem do mundo?”

Para incentivar o percurso completo do seminário e intensificar a experiência colectiva da imersão e do retiro ao longo de uma semana a ver e discutir cinema, o Doc’s Kingdom só anuncia os cineastas convidados e não divulga o programa detalhado de sessões: os participantes só sabem que filme vão ver quando a sala escurece e a projecção começa. Ao longo da semana, sabem que poderão ver vários filmes de cada um dos autores presentes, com quem podem conviver informalmente nos debates, refeições e passeios em Arcos de Valdevez.

O Doc’s Kingdom aposta num modelo de descentralização e internacionalização do cinema português que passa igualmente pela promoção do diálogo inter-geracional. Com o apoio do ICA - Instituto do Cinema e do Audiovisual, da Fundação Gulbenkian e da Fundação Luso-Americana, o seminário desenvolve um programa de bolsas que este ano conta com 12 participantes, entre jovens cineastas portugueses ou residentes em Portugal (Kate Saragaço-Gomes, Deborah Viegas, Helena Estrela, Loide Santos, Paulo Carneiro, Rita Quelhas), estudantes de cinema do California Institute of the Arts nos EUA, um professor e cineasta brasileiro (Rafael Urban, bolsa Eduardo Coutinho) e uma jovem realizadora romena (Ana Vijdea), vencedora do prémio Verdes Anos para filmes de escola no último festival Doclisboa.

Logo após o seminário em Arcos de Valdevez, o Doc’s Kingdom 2018 realiza duas extensões em Lisboa, na Cinemateca Portuguesa na noite de Sábado, 8 de Setembro, com a presença de Andrei Ujică, e na galeria Maumaus / Lumiar Cité, Segunda-feira, 10 de Setembro, com a presença de Maria Augusta Ramos.
 

Sobre o programa: http://docskingdom.org/pt/actual/actual.html

Inscrições: http://docskingdom.org/pt/actual/inscricoes.html

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.