Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Cultura de Borla

A Cultura que não tem preço.

'E Se...?' vai espalhar balões com sonhos na Feira do Livro do Porto

Sessão de Autógrafos com as autoras da obra infantojuvenil ‘E Se…?’, dia 21 de setembro, às 19h00. Texto de Raquel Garcez Pacheco com ilustrações de Bárbara Neto.

primage_39214.png.jpg

 

‘E Se…?’ é uma obra infantojuvenil escrita por Raquel Garcez Pacheco e ilustrada por Bárbara Neto. Depois do lançamento no Porto, e da apresentação na mítica livraria Bertrand do Chiado, em Lisboa, o livro - editado pela Sana Editora -, dá-se a conhecer aos visitantes na Feira do Livro do Porto. O evento literário decorre até 22 de setembro, nos Jardins do Palácio de Cristal, e já arrancou no dia 6 de setembro. A inauguração contou com a presença do Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, que foi surpreendido pela escritora ao presenteá-lo com o livro 'E SE...?', dedicando a obra aos seus netos. O penúltimo dia da feira promete novas surpresas.

Este ano, o grande festival literário portuense conta com 130 pavilhões, uma exposição e várias atividades. Ao longo dos vários dias da feira, o público poderá encontrar o livro infantil ‘E Se…?’ nos pavilhões da Companhia das Artes | Afrontamento Edições (stands 126, 127, 128) e, também, no stand da Rota do Livro (108,109). No dia 21 de setembro, está agendada uma sessão de autógrafos com a escritora e a ilustradora, às 19h00, na Companhia das Artes, onde está prevista ainda uma dinâmica de construção de 'balões de ar quente' que permitam - a miúdos e graúdos - deixarem voar os seus sonhos. 

O livro ‘E Se...?’ é como uma viagem de balão pelo mundo da constante inconformidade humana, onde a fantasia ilustra o desejo e o sonho permanentes. A obra tem vindo a cativar miúdos e graúdos, uma vez que, apesar de ser uma história infantil, a narrativa tem várias mensagens que se podem extrair: uma mensagem de motivação que retrata a importância de acreditarmos que é possível realizarmos os nossos sonhos, que é importante sermos inconformados para nos permitirmos voar, sem medo, com ambição; uma mensagem de inspiração (nas crianças) pela sua curiosidade, bravura e imaginação. Tudo é possível aos olhos destemidos de uma criança. Perpetuar esta essência de criança em nós, é dar asas aos sonhos, é querer ser um herói, guerreiro e vencedor; e uma mensagem de reflexão universal – a eterna pergunta «E SE?» que nos faz escrever a nossa história pessoal pelas escolhas que fazemos, consequência ou não do livre-arbítrio: E se? E se eu fosse? E se eu tivesse feito de outra forma? E se tivesse escolhido aquele outro caminho? E se…?

Para a autora Raquel Garcez Pacheco, uma boa narrativa é aquela que gera conexão e comunica, de alguma forma, uma mensagem inspiradora. “Nesta história tentei, subtilmente, espelhar o mundo real através do mundo mágico dos sonhos. O encadeamento da narrativa retrata, simultaneamente, ambição, desejo, realização e, também, a importância da inconformação e da resiliência, no sentido de incentivar e motivar os pequenos leitores a correrem sempre atrás dos seus sonhos. 

A constante busca por uma perfeição que não existe, os “ses” da vida, tudo isto move as personagens de Raquel Garcez Pacheco, inspiradas em diversos contextos. Contextos e cenários reais, como a rota das amendoeiras no norte do país, ou a rota dos golfinhos no Sado, na região sul, factos informativos que a autora - formada em jornalismo - adiciona à história.  

Bárbara Neto, autora das ilustrações de ‘E Se…?’, revela que o projeto a permitiu “voar para o mundo imaginário dos sonhos”, onde tudo é possível: “Quando falei a primeira vez com a Raquel sobre a sua história, logo me vieram à cabeça grandes pinceladas em aguadas, leves e cheias de cor. Não podia ser nada muito real, nem muito descritivo, pois toda a história pertence a um mundo que não existe, mas que coexiste em todos nós, nos nossos sonhos. Os meus desenhos tentaram ir ao encontro dessa descrição que a Raquel faz a cada desejo, cada personagem."

"Raquel Garcez Pacheco trouxe para a equipa da SANA paixão e empenho e Bárbara Neto a harmonia e serenidade das cores que ilustram esta maravilhosa obra. O livro 'E Se...?' traz mais valores aos valores que já existem na coleção infantil da Sana Editora”, sublinha Susana Freitas, coordenadora editorial da Sana Editora.

 

ALGUMAS CRÍTICAS LITERÁRIAS:

"As breves histórias constroem-se assim, em ligação e sequência, e levam-nos num périplo por diferentes terras e vários sentimentos. Sentimo-nos a viajar num balão de ar quente, mas sem medo de cair." - Rita Pimenta | Público

 

"Em ‘E Se…?’ deixa fluir o traçado e, num misto de cores vivas, permite ao leitor viajar e sonhar à medida que a rica e inspiradora narrativa de Raquel Garcez Pacheco – que já exerceu jornalismo – flui. A cada descrição de uma nova aventura da personagem principal – o livro, que se reinventa continuamente -, as ilustrações pitorescas fazem-nos voar e desejar, também, dar azo às inquietudes e aos sonhos." - Filipa Matias Pereira | Notícias ao Minuto

 

"Apesar de se tratar de uma narrativa infantil, o livro 'E Se...?' corporiza uma mensagem atual e dirigida a todas as idades." Filipa Matias Pereira | Notícias ao Minuto

 

"Este livro reúne um conjunto de pequenos contos que traduzem um pensamento frequente em todos nós: e se eu fosse… outro que não o que sou? " - Rita Pimenta | Público

"E se...?, um liro infantil que dá asas à imaginação. É a história de um livro que quer ser outra coisa. E pode ser o que ele quiser. Um par de sapatos, um banco de jardim, um menino esperto e curioso, como sea magia e a imaginação ocupassem o lugar no universo mais fantástico de todos: o de ser criança." - Ana Carreira | M80  

"E se?, é uma dessas histórias para todas as idades. Acreditar sempre que não há impossíveis." - Vanda Miranda | M80 Magazine  

 

 

 

SINOPSE:

E se… um livro tivesse vida e, de repente, cansado de o ser, quisesse ser outra coisa? E se esse desejo fosse concedido? E se, num universo fantástico onde a imaginação é a rainha de todas as coisas, a magia transformasse o impossível em possível? E se alguém fosse eternamente insatisfeito e desejasse ser sempre algo mais? E se a ambição comandar o sonho? E se eu fosse um sapato um dia, noutro dia, um banco de jardim e no dia seguinte uma nuvem? E se…?

Este livro é como uma viagem de balão pelo mundo da constante inconformidade humana, onde a fantasia ilustra os desejos e os sonhos permanentes.

Atreves-te a vir voar?

 

SOBRE AS AUTORAS:

Raquel Garcez Pacheco | Texto

Nasceu, no Porto, em 1978. Filha de um jornalista e de uma professora, cedo percebeu a paixão pelas palavras, pela escrita, pela comunicação. Licenciada em Comunicação Social pela Escola Superior de Jornalismo do Porto (1996 - 2000), frequentou mestrado em Ciências da Comunicação (2015 - 2017). Exerceu a profissão de jornalista em vários jornais nacionais e, mais tarde, abraçou a assessoria de comunicação.  Em 2016, num autodesafio, decide lançar um projeto de consultoria em comunicação.

Em 2014, fez um curso sobre Storytelling «A Arte de Escrever Histórias» e participou na Coletânea de Contos e Poemas «Lugares e Palavras de Natal – Vol. III» com o conto “O Quarto Rei Mago”. Comunicar é o seu modo de vida, tanto para narrar factos da realidade do mundo ‘com os pés no chão’, como para contar histórias ‘com a cabeça a deixar-se voar pela imaginação’.

 

 

Bárbara Neto | Ilustrações

Natural do Porto, concluiu a Licenciatura em Design de Comunicação (1994 – 1999) da Faculdade de Belas Artes da Universidade do Porto. Iniciou a sua atividade profissional na área do Design de Comunicação e Ilustração. Em 2001, fez parte de um projeto para uma marca dedicada a bebés e crianças, a BLOP, com as suas ilustrações deu vida a personagens e contou histórias com uma linha completa de mobiliário e interiores. Foi assim que descobriu que a tela em que pintava podia ser tridimensional. Desde 2005, a sua atividade profissional foi dedicada aos mais diferentes e variados tipos de projetos de design de interiores para hotéis, sempre com uma componente gráfica e colorida.

Hoje em dia, tem a sua própria marca, LEMON VARIANCE, que se concentra na conceção de conceitos personalizados para interiores, comunicação gráfica e ilustração.

 

Sobre a SANA Editora:

A Sana Editora é um projeto literário que alia a criatividade à paixão pelos livros. Fundada, em 2016, por Susana Freitas, a editora de Aveiro tem conquistado um grande alcance com vários géneros literários, contando já mais de 20 livros editados sob a sua chancela.

A gestão personalizada de cada projeto, em estreita colaboração com o autor, desde a conceção, imagem, concretização, distribuição e promoção do livro, é fator determinante para o crescimento e reconhecimento da editora no mercado.

A marcar a diferença e o seu posicionamento está, ainda, a relação de proximidade com os autores para que estes possam estar, também, mais próximos dos seus leitores.