Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Cultura de Borla

A Cultura que não tem preço.

ECCE AGNUS DEI

Cartaz.jpg

 

 

Artesanato de Barcelos da autoria da Família Ramalho

 

O Director do Tesouro-Museu da Sé de Braga, Cónego José Paulo Abreu e a artesã Júlia Ramalho, têm o prazer de convidar o vosso Órgão de Comunicação Social para a inauguração da exposição ECCE AGNUS DEI, que terá lugar a 02 de Março, às 18 horas, no Tesouro-Museu da Sé de Braga (Sala de Serviço Educativo/ Exposições). O acesso à exposição é feito a partir da Loja do Tesouro-Museu da Sé de Braga, situada na Rua D. Diogo de Sousa, n.º 114.

A exposição Ecce Agnus Dei, organizada pelo Tesouro-Museu da Sé de Braga, insere-se no programa das Solenidades da Quaresma e Semana Santa.

O Tesouro-Museu da Sé de Braga expõe a partir do dia 2 de Março até 3 de Abril um conjunto de peças de Júlia Ramalho e António Ramalho. Mãe e filho perpetuam um saber fazer que lhes foi transmitido por Rosa Ramalho, figura emblemática da olaria nacional. O nome “Ramalho” é uma referência do artesanato português que ultrapassa gerações. As peças que nascem das mãos destes artesãos são modeladas em barro branco e têm um acabamento vidrado de cor castanho, técnica característica do seu trabalho. Os temas escolhidos são variados e inspirados nas suas vivências quotidianas. O religioso e o profano são igualmente temas recorrentes na sua obra. Júlia Ramalho e António Ramalho partilham memórias, mas também um modo de trabalhar o barro, na mesma oficina, em Galegos S. Martinho.

Júlia Ramalho, reconhecida artesã do figurado de Barcelos, é hoje uma referência do artesanato, em Portugal e no estrangeiro.

 

As obras de Júlia Ramalho podem ser encontradas no seu atelier em Barcelos mas em lojas dispersas por todo o país.

António Ramalho, nome com que assina as suas peças há mais de 20 anos, é um dos filhos de Júlia e bisneto de Rosa Ramalho, que mostra que a herança de uma tradição ultrapassa gerações. António Ramalho tem participado, juntamente com a sua mãe, em várias feiras de artesanato.

 

O Tesouro-Museu acolherá esta exposição de 02 de Março a 03 de Abril. Poderá ser visitada de Segunda-feira a Sábado, no período da manhã entre as 09h30 e as 13h00, e no período da tarde das 14h30 e as 18h30. O acesso à exposição é feito a partir da Loja do Tesouro-Museu, situada na Rua D. Diogo de Sousa, nº 114.