Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Cultura de Borla

A Cultura que não tem preço.

EMARP - Atividades culturais agosto 2019

"VESTIDAS DE COR"
Exposição de Fotografia de Dina Salvador

 Até 23 de agosto 2019
Dias úteis das 8h30 às 17h30
 

b31aece4-19ef-42c3-a6c5-540da2906dd0.jpg

 

Até ao próximo dia 23 continua disponível ao público no espaço de Atendimento da EMARP a exposição de fotografia “Vestidas de Cor” de Dina Salvador.
Quem visita a empresa para tratar de assuntos relacionados com a água e as outras vertentes relacionadas com as atividades da EMARP, o que surpreende nesta exposição, é a capacidade que a artista tem de olhar para a natureza e intuir as potencialidades que aqueles veios na rocha naquela posição e com aquela luz podem mostrar. Depois, o resultado é uma vintena de imagens similares a obras abstratas de algum pintor famoso - neste caso o famoso pintor é a natureza e a arte é da Dina Salvador.
Buscando na natureza o que ela oferece, a paixão mais recente de Dina Salvador é a escultura, onde usa como matéria-prima a madeira abandonada resultante da evolução natural ou colhida em áreas ardidas, trabalhando em Portugal com algumas espécies do Bosque Mediterrânico e, no Brasil, com algumas espécies da Mata Atlântica, dos Manguezais e da Restinga. Envolvida desde 2004 num projeto de recuperação da Mata Atlântica, no Recôncavo Baiano, é aí que encontra a matéria prima brasileira; a portuguesa é essencialmente zimbro e tojo, colhidos nas arribas da Costa Vicentina. E é destas madeiras, despidas de carvão, cascas e podridão, que saem obras de arte.
Nascida em Lagos, Dina Salvador trabalhou em várias entidades públicas e privadas mas o gosto pelas artes plásticas levou-a a reunir uma coleção multifacetada de cerca de 800 obras de 158 autores de várias nacionalidades, onde se a inclui pintura, a escultura, a gravura, o desenho e a fotografia.

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.