Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Cultura de Borla

A Cultura que não tem preço.

EMARP - Exposição "Origens" de José Craveiro

ORIGENS
Pirogravura de José Craveiro
 
4 de julho a 5 de agosto de 2016
Dias úteis das 8h30 às 17h30

 

0f046847-7d9d-4ae9-8f78-fd062e1e9eab (2).jpg

 JOSÉ CRAVEIRO

Nascido em 1957 em S. Pedro, Manteigas na Serra da Estrela, autodidata e com grande orgulho considerado um embaixador da sua terra natal, uma simples vila no coração da Serra da Estrela mas que muita coisa tem a oferecer.

Zé Craveiro como gosta de ser tratado faz questão de partilhar essa riqueza com todos os que se encontram com suas criações.

O gosto pela vida ao ar livre e o redescobrir de espaços e lugares serranos inerentes à nossa dimensão, Manteigas - Serra da Estrela, levou-o a utilizar a técnica da Pirogravura (processo de decoração que consiste em gravar ou desenhar com ponta incandescente em placas de madeira) na promoção da sua terra, mantendo através dos seus trabalhos a originalidade e a exclusividade com que cada um é realizado, registando-os pessoalmente com um número de série.

A temática de pesquisa são histórias, ruelas, quelhas, montes, vales, tradições, pastores, rebanhos, gentes que trabalham a terra na sua simplicidade e humildade, que dimensionam Zé Craveiro.

sem nome (5).png

 

 
O porquê do Zé Craveiro na Pirogravura?

Grande parte da sua infância, nos anos 60, foram em torno do cintilar da lareira que lhe aquecia, não só o corpo mas também o coração e um dia puder transmitir aquele sentimento e dimensionar a sua existência nos espaços serranos já vividos como forma de uma pesquisa pessoal.

Uma grande parte das placas de madeira utilizadas nas suas pirogravuras foram e são encontradas no que a maior parte considera ’’lixo’’.