Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Cultura de Borla

A Cultura que não tem preço.

EntreLinhas na Maia: a Festa do Ferroviário também passa por aqui

 

Até ao final do mês de agosto, o MaiaShopping apresenta uma exposição dedicada à história dos caminhos de ferro.

image003.png

A história dos caminhos de ferro está em exposição, no MaiaShopping, e pode ser visitada até dia 31 de agosto, no Piso 1, Praça do Lago. Intitulada “EntreLinhas”, a mostra resulta de uma parceria com a Câmara Municipal de Valongo, no âmbito da Festa do Ferroviário.

 

Esta exposição reúne elementos que espelham os marcos importantes dos caminhos de ferro e diversos materiais utilizados por este meio de transporte e pelos profissionais que trabalham na área. Há ainda espaço para dois manequins que exibem fatos de maquinista e de revisor.

 

“EntreLinhas” dá a conhecer aos visitantes do MaiaShopping o património material e imaterial ligado à ferrovia e aos ferroviários, destacando a importância transversal dos caminhos de ferro, e, em particular, o seu contributo para a cidade de Ermesinde e o município de Valongo.

 

Recuando no tempo, a inauguração da Estação Ferroviária em Ermesinde, em 1875, fez da cidade um ponto de passagem de milhares de pessoas e mercadorias, que todos os dias se deslocam nas linhas do Minho, do Douro e de Leixões, e levou a que muitos ferroviários acabassem por se fixar no concelho de Valongo com as suas famílias. Atualmente, dada a proximidade, é uma infraestrutura que facilita o acesso dos visitantes ao MaiaShopping.

 

Esta exposição antecipa o evento cultural com nome homónimo, EntreLinhas – Festa do Ferroviário, que se realiza de 25 a 27 de agosto, em Ermesinde, e cujo programa geral integra várias iniciativas, como conferências, concertos, tertúlias, gastronomia e uma mostra turística.

 

“Voltar a estabelecer uma parceria com a Câmara Municipal de Valongo, e tornar o MaiaShopping o palco de uma exposição tão marcante para a história dos caminhos de ferro é mais um motivo de orgulho para nós. Além disso, É também o reflexo da aposta que fazemos na democratização do acesso à cultura e em proporcionar a quem nos visita uma experiência que vai muito além das compras”, refere Emanuel Lemos, diretor do MaiaShopping.

 

Exposição

Data: até 31 de agosto

Local: Maia, MaiaShopping, Praça do Lago, Piso 1

Entrada: livre