Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Cultura de Borla

A Cultura que não tem preço.

EPAL | Aqueduto Águas Livres reabre ao público

 

 

O Aqueduto das Águas Livres, parte integrante do Museu da Água, reabre hoje ao público.

 

aqueduto.JPG

 

O Aqueduto das Águas Livres, um dos maiores e mais complexos sistemas de abastecimento de água do Mundo, reabre  ao público. Parte integrante do Museu da Água, o Aqueduto foi construído entre 1731 e 1799 por determinação régia. Este emblemático monumento constituiu um vasto sistema de captação e transporte de água, por via gravítica. No total, o sistema do Aqueduto das Águas Livres, dentro e fora de Lisboa, atinge cerca de 58 km de extensão, tendo as suas águas deixado de ser aproveitadas para consumo humano a partir da década de 60, do século XX. A extraordinária arcaria do vale de Alcântara, numa extensão de 941m, é composta por 35 arcos, incluindo, entre estes, o maior arco em ogiva, em pedra, do mundo, com 65,29 m de altura e 28,86 m de largura.

Classificado como Monumento Nacional desde 1910, o Aqueduto das Águas Livres é hoje considerado uma obra notável da engenharia hidráulica.

 

Serão realizadas visitas orientadas ao Monumento Nacional, para o público em geral, com marcação prévia, no primeiro sábado de cada mês, às 11.00h. O custo da visita livre é de 3€ por pessoa. No caso das visitas orientadas, estas têm um custo de 5€ por pessoa (com um mínimo de 10 e máximo de 30 pessoas) e requerem marcação prévia. O Aqueduto está aberto ao público de terça a sábado, das 10h às 17h30. Para mais informações contatar mda@epal.pt  ou 218 100 215.