Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Cultura de Borla

A Cultura que não tem preço.

EPAL :: MUSEU DA ÁGUA REABRE AO PÚBLICO

Dia Nacional da Água

 

MUSEU DA ÁGUA REABRE AO PÚBLICO

 

Após trabalhos de requalificação do edifício da estação elevatória a vapor dos Barbadinhos, o Museu da Água inaugura uma exposição permanente no dia da reabertura. 

 

 

No dia 1 de outubro - dia Nacional da Água, pelas 18h30, o Museu da Água reabre ao público após um ano de trabalhos de requalificação. A Estação Elevatória a Vapor dos Barbadinhos foi alvo de uma intervenção que teve como objetivo garantir um plano completo de acessibilidades, modernização e atualização do espaço musealizado. Também a construção de uma exposição permanente fez parte do plano de requalificação. Com esta nova exposição é agora possível entender a relação existente entre os cinco espaços que constituem o Museu da Água e conhecer o tema da água no seu todo: história, ciência, tecnologia e sensibilização ambiental.

 

A exposição permanente do Museu da Água, o único galardoado com o Prémio do Conselho da Europa, divide-se em quatro temas centrais que abordam a Água nas suas múltiplas formas e ligações: (1) A Água no planeta Terra; (2) História do abastecimento de Água; (3) Água: ciência e tecnologia; (4) Água: Educação e sensibilização ambiental.

 

Recorde-se que a primeira tentativa de musealização do espólio da Companhia das Águas de Lisboa deu-se em 1919, através de uma deliberação da Assembleia-Geral. No final dos anos 30, do século XX, iniciou-se o primeiro processo de inventário com o objetivo de organizar todo um espólio recolhido ao longo de duas décadas. Em 1987 foi instalada uma exposição permanente onde se destacava a história da evolução do abastecimento de água à cidade de Lisboa, desde a presença romana até hoje. A primeira exposição permanente manteve-se até Dezembro de 2013, altura em que se iniciaram novas obras de requalificação do edifício da estação elevatória a vapor dos Barbadinhos.

 

O Museu da Água, tutelado pela Empresa Portuguesa das Águas Livres – EPAL, S.A., é composto por quatro espaços dispersos pela cidade de Lisboa, todos eles constituídos por edifícios relacionados com o abastecimento da água à cidade de Lisboa, datados dos séculos XVIII e XIX: o Aqueduto das Águas Livres, o Reservatório da Mãe d’Água das Amoreiras, o Reservatório da Patriarcal e a Estação Elevatória a Vapor dos Barbadinhos.

 

 

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.