Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Cultura de Borla

A Cultura que não tem preço.

EPICENTRO 2022 - Casa do Cinema de Coimbra e Centro Cultural Penedo da Saudade e Liquidâmbar

 

 

EPICENTRO é um conceito criado pela Blue House, que se foca nos artistas e expressões culturais da Região Centro, tendo Coimbra enquanto pólo aglutinador.

Num evento anual, apresentam-se dezenas de actividades como concertos, DJ sets, filmes documentais, leituras musicadas, conversas, apresentações de livros, performances, visitas guiadas e oficinas. O evento pretende funcionar como um sismógrafo musical, fazendo um ponto de situação do que se faz na região, tomando o pulso, de forma contextualizada, à efervescência do momento emergente e à valorização de nomes consagrados.

O foco do EPICENTRO é a música, mas este é integrador de outras disciplinas, lançando desafios para reflexões e intervenções ligadas à literatura, cinema, teatro e artes plásticas. Finalmente, o eixo principal do EPICENTRO é o estabelecimento de pontes com diversos agentes da Região Centro, desde artistas, a estruturas culturais, passando por entidades públicas e privadas.

descarregar.png

LIQUIDÂMBAR . 23 e 30 ABRIL

O Liquidâmbar, bar cultural que regularmente recebe concertos num dos pontos nevrálgicos da cidade, a Praça da República, é um espaço ideal para assistir, de forma descontraída e informal, a duas propostas bem distintas. A primeira é protagonizada pelo coletivo de hip-hop A Velha Capital, com um concerto especialmente preparado para assinalar as vésperas da Revolução de Abril. Uma semana depois é a vez do Conjunto

Académico José Paulo (liderado por Paulo Carvalho) apresentar alguns temas inéditos que nos últimos anos tem composto e gravado, de forma discreta.

LIQUIDÂMBAR
sábado, 23 de Abril
21H30 / A VELHA CAPITAL [concerto]

Entrada Gratuita

 

 

 

 

descarregar.png

CENTRO CULTURAL PENEDO DA SAUDADE . 22 ABRIL e 05 MAIO

O espaço intimista do Centro Cultural Penedo da Saudade acolhe dois concertos de projectos relativamente recentes. Em abril apresenta-se o trio de Filipe Furtado, que tem desvendado as suas contagiantes canções de influência bossa nova e samba (do disco de estreia “Prelúdio”, a editar pela Marca Pistola), a quem se juntam o trompetista Pedro Jerónimo e o baterista Paulo Silva. Já em maio, o duo Peixinhos da Horta, de Luísa Levi e Constança Ochoa, mostra-se numa fase ainda embrionária mas muito promissora, onde a voz e as suas manipulações têm um papel primordial.

CENTRO CULTURAL PENEDO DA SAUDADE
sexta-feira, 22 de Abril
18H00 / FILIPE FURTADO [concerto]

Entrada Gratuita / Reserva obrigatória através de cultura@ipc.pt
Entrada Gratuita / Reserva obrigatória através de cultura@ipc.pt

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.