Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Cultura de Borla

A Cultura que não tem preço.

Escultor Paulo Neves apresenta "De Ferro" na Árvore, Porto

 

24 FEVEREIRO A 23 MARÇO

descarregar.jpg

“(…) O ferro é o que fica da boda dos quatro elementos.

Por isso o ferreiro é um Homem sábio.

Faz a enxada, faz a machada, faz a faca. (…) - MUTIMATI

 

No dia 24 de Fevereiro é inaugurada às 16h a Exposição de escultura “De Ferro” de Paulo Neves, na emblemática Árvore, no Porto.  

 

O escultor Paulo Neves é um artista plástico com reconhecimento incontornável a nível nacional e internacional. É sócio da Cooperativa Árvore há mais de 30 anos, onde tem participado regularmente em projetos, simpósios, exposições individuais e coletivas.

 

Paulo Neves, nascido em 1959, revelaria a sua maturidade artística durante a década de 90 do séc. XX. Com peças em diversas coleções portuguesas, o escultor está também representado nos Estados Unidos, França, Espanha, Brasil, Holanda, Bélgica, Roménia, Austrália, Marrocos e Alemanha. Embora tenha frequentado a Escola de Belas Artes do Porto, a sua aprendizagem é, na tradição moderna europeia, exclusivamente autodidata.
A expressão morfológica das suas peças apela ao expressionismo e ao barroco, embora a sua linguagem pareça totalmente original, construída à margem dos movimentos e tendências estéticas do seu tempo. Partindo muito jovem à descoberta do mundo pelas suas próprias mãos, Paulo Neves conheceu artistas, visitou museus, descobriu outros mundos, experiência sem dúvida determinante para a obra que viria a realizar.

 

Esta exposição reúne um conjunto com cerca de 30 obras criadas a partir de um único elemento, o ferro. Será a primeira vez que estas peças são apresentadas ao público.

A exposição contempla ainda um conjunto de desenhos em papel, com linhas e figurações que refletem as formas das esculturas.

 

O pintor José Emídio (e presidente do Conselho de Administração da Árvore) dedica estas palavras a Paulo Neves: “O seu trabalho é e deve ser visto, por todos, como um dos grandes exemplos da verdadeira grandeza dos artistas - Ser, no seu trabalho, aquilo que são como indivíduos. Por isso, sentimos no trabalho de Paulo Neves, a Natureza, o cheiro natural dos materiais o valorizar permanente da nossa relação com a terra, com os animais e com os outros. Paulo Neves cumpre-se a si próprio, questionando e transformando, formas e materiais, para que, dessa maneira, mais nos transformemos, nós todos, em  melhores, mais elevados e mais esclarecidos seres humanos, neste nosso mundo controverso, muitas vezes, injusto e trágico, mas também grandioso, deslumbrante, pleno de esperança e futuro. Assim queiramos todos... O Paulo ajuda-nos nesse caminho.”  

 

“De Ferro” estará patente na Árvore até 23 de Março.

 

 

Horário:

Sábados – 14h00 – 19h00

Terça a sexta: 10h00 – 13h00 | 14h00 – 18h30

Segunda: 10h00 – 13h00 | 14h00 – 18h00

Rua de Azevedo De Albuquerque 1, 4050-091 Porto

Entrada livre