Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Cultura de Borla

A Cultura que não tem preço.

Esta semana no Museu Nacional da Música | 21 MARÇO: Dia Mundial da Poesia com Alva Martínez Teixeiro sobre Carlos Drummond de Andrade | 22 MARÇO: Recital com os músicos italianos Francesco e Stefano Parrino;

QUARTA, 21 de MARÇO, 19h #EntradaLivre
DIA MUNDIAL DA POESIA
 
POESIA NO MUSEU 
sobre CARLOS DRUMMOND DE ANDRADE
 
O Dia Mundial da Poesia é já na próxima quarta, a 21 de Março.
Venha assistir, pelas 19h, com #EntradaLivre, à quarta sessão do ciclo Poesia no Museu 2018. Conduzida por Alva Martínez Teixeiro, terá como tema a inusitada lucidez do olhar poético de Carlos Drummond de Andrade (Itabira, Minas Gerais, 1902 – Rio de Janeiro, 1987), uma das vozes mais singulares e significativas da poesia escrita em português no século XX.

POSTER POESIA 2018 final 18.jpg

poesia 31 JANEIRO2.jpg

ALVA MARTÍNEZ TEIXEIRO (A Corunha, Galiza, 1982) é Professora Auxiliar de Literatura e Cultura Brasileiras na Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa, investigadora do CLEPUL, centro de investigação da mesma instituição, e Doutora em Literatura Brasileira com a tese A obra literária de Hilda Hilst e a categoria do obsceno.
É autora, entre outras publicações, dos livros monográficos: Maktub – Da retórica na ficção de Raduan Nassar (2006), A pretensa nostalxia da autoridade (Prémio 'Ramón Piñeiro' de Ensaio, 2007), O herói incómodo – Utopia e pessimismo no teatro de Hilda Hilst (2009) e Nenhum vestígio de impureza – A obra literária de Sophia de Mello Breyner Andresen (2013). Em 2014, com o ensaio A linha de sombra de uma suspeita lição de zoologia, obteve o primeiro lugar no “Prêmio Itamaraty – IV Concurso Internacional de Monografias”, do Ministério das Relações Exteriores do Brasil, e em 2017 publicou, juntamente com Carlos Paulo Martínez Pereiro, a edição crítica Machado de Assis e a mundana comédia – Cinco peças teatrais.
 
 
SOBRE O CICLO POESIA NO MUSEU
 
“Poesia no Museu” é um ciclo organizado pelo Museu Nacional da Música e comissariado por Helena Miranda e Tomás Castro. Consiste em várias conferências, habitualmente ilustradas com leitura de poemas, sobre poetas ou assuntos relacionados com poesia. As sessões duram aproximadamente 60 minutos e decorrem no Museu Nacional da Música às quartas-feiras, sempre às 19h, com entrada livre. O ciclo vai já na sua sexta edição.
 
PROGRAMA
 
Jorge Vaz de Carvalho - Jorge de Sena - 31 de Janeiro
 
PODCAST: https://soundcloud.com/museunacionaldaamusica/jorge-vaz-de-carvalho
 
Frei Bento Domingues - O Mito de Babel - 28 de Fevereiro
 
PODCAST: https://soundcloud.com/museunacionaldaamusica/frei-bento-domingues-sobre-o-mito-da-torre-de-babel
 
 
Alva Martinez Teixeiro - Carlos Drummond de Andrade - 21 de Março
 
João Figueiredo - Camões - 18 de Abril
 
José Carlos Araújo - As "Sátiras" de Juvenal - 2 Maio
 
António Feijó - Fernando Pessoa - 16 de Maio
 
Maria Sequeira Mendes - Harryette Mullen - 30 de Maio
 
Miguel Tamen - Letras - 27 de Junho
 

___________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________
 
 
 
QUINTA, 22 de MARÇO, 19h 
#EntradaLivre
 

VIAGEM A ITÁLIA: Francesco e Stefano Parrino 

(recital de flauta e violino)

 

29177872_1752440351479400_7563684682408132608_o.jp

 

Definidos por Anna Menichetti "duas joias da cultura italiana" Francesco e Stefano Parrino, sendo irmãos além de colegas, colaboram musicalmente desde sempre. Solistas internacionais, estão também muito activos na divulgação da música de câmara e colaboram com alguns dos mais significativos compositores modernos e contemporâneos. Ambos estudaram nas mais prestigiadas Universidades e Instituições europeias de música e actuaram nos principais teatros e salas de concerto da Áustria, do Chile, da China, da Colômbia, da Croácia, do Equador, da Estônia, de Hong-Kong, da Indonésia, da Inglaterra, da França, da Itália, do Peru, da Romênia, da Rússia, da Eslovênia, da Espanha, da Suíça e da Turquia, obtendo muitos elogios da parte da crítica e muito público. 
Os repertórios que apresentam variam desde o século XVIII até a música contemporânea, com particular atenção ao século XIX e à descoberta de partituras e compositores inéditos, injustamente esquecido. Ambos são também professores e actualmente integram o corpo docente dos Conservatórios de Música "Niccolò Paganini" de Génova e "Arcangelo Corelli" de Messina. São criadores e organizadores de "LeAltreNote" - evento do festival Internacional Valtellina que decorre na província italiana de Sondrio. 
Francesco e Stefano colaboraram como solistas com várias orquestras, como a Aarad e a Kosice, com a Filarmónica de Turim, a Orquestra da Província de Catanzaro, a Orquestra Sinfônica da Sicília, a Orquestra de Câmara “Gli Armonici”, a Orquestra de Câmara Bartolomeo Bruni, a Orquestra de câmara de Stesichoros, a Orquestra sinfônica de San Remo, com a Academia Filarmônica de São Petersburgo, a Symphonia da Royal Academy of Music de Londres, a Orquestra da Suíça Italiana, a Orquestra Sinfônica "Arturo Toscanini" e com os Solistas de Sófia.
Gravaram inúmeras primeiras execuções para as casas discográficas Stradivarius e Brilliant Classics, e o seu álbum dedicado a Leo Ornstein foi considerado entre os mais interessantes de 2017 no âmbito internacional, e foi candidato ao prémio ICMA.
Francesco toca um magnífico violino de Gaetano Gadda, (que remonta mais ou menos a 1950) e um Giuseppe & Antonio Gagliano (1790-1805) emprestado pela família do Maestro Gino Marinuzzi, com três arcos de grande valor: dois Benoit Rolland e um Eugène Sartory de 1930, que lhe foi doado por um admirador anónimo. Stefano é embaixador das flautas AZUM e toca duas preciosas flautas de madeira e ouro da Yamaha.

 

Duo Stefano e Francesco Parrino
Flauta e Violino
 
 
 
Viagem a Itália

PROGRAMA

Alessandro Rolla, Dueto n. II para flauta e violino Largo Sostenuto, Rondò

Arthur Lourié, La flute à Travers Le Violon Allegretto, Adagio, Presto

Paolo Gasparin, Variações sobre um tema dedicado a Nino Rota dedicado ao Duo Parrino

Bartolomeo Campagnoli, dueto n. V em mi menor. Allegro, Minuetto um pouco adagio, Rondò Allegro

Luca Russo, Viagem a Itália dedicado ao duo Parrino – estreia portuguesa

Wolfang Amadeus Mozart, arias selecionadas das Bodas de Fígaro e da Flauta mágica

Franco Donatoni (1927-2000): Ciglio II
 
 

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.