Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Cultura de Borla

A Cultura que não tem preço.

Estreia Nacional da Obra Musical «Clementina» | 18 dezembro | Mosteiro de Grijó

Estreia Nacional da Obra Musical «Clementina» e Entrega do IV Prémio Literário Nortear

18 dezembro | 18h00 | Mosteiro de Grijó, Vila Nova de Gaia

Sessão será presidida pela Secretária de Estado da Cultura, Ângela Ferreira

 

E de um conto nasceu uma peça musical!

O conto «Clementina», vencedor do 1º Prémio Literário Nortear para Jovens Escritores, foi adaptado a uma peça musical homónima, pelo Conservatório Regional de Música de Vila Real.

Com composição de Fábio Videira e direção artística de Valter Palma, a obra musical reúne cerca de 40 músicos em palco e tem a duração de 25 minutos. Integra-se no projeto Nortear e faz parte de uma das ações de carácter transdisciplinar, ou de cruzamentos artísticos, em que a Direção Regional de Cultura do Norte convida autores de outros domínios artísticos a criar em função de uma das obras vencedoras do Prémio Nortear. Assim surgiu esta peça musical baseada no conto «Clementina» de Lara Dopazo Ruibal, vencedora da 1ª edição do Prémio Literário Nortear.

Em paralelo à estreia de «Clementina», será também entregue o IV Prémio Literário Nortear a Sara Brandão, pela obra «Ver». Natural de Vila Nova de Gaia, Sara Brandão teve a sua obra selecionada pelo Júri do Prémio Literário Nortear, entre os 31 trabalhos candidatados por jovens escritores, com idades compreendidas entre os 16 e os 36 anos.

Presidido por Carla Sofia Amado, responsável pelo Instituto Camões, e integrado por David Pontes, jornalista do Jornal Público, Paula Carballeira, escritora galega, Armando Requeixo Cuba, escritor galego, e Carlos Lopes, editor da Edita-me, o Júri valorizou na obra, "a escrita perfeita, a estrutura bem arquitetada, com uma base sólida, mantendo uma irrepreensível coerência textual”.

Sara Brandão tem 20 anos e encontra-se a frequentar o 4º ano da Licenciatura em Design de Comunicação, na Faculdade de Belas Artes da Universidade do Porto. Escreve regularmente pelo prazer da escrita, tendo participado pela primeira vez no Prémio Literário Nortear Para Jovens Escritores.

Dotado com 2.000 euros e a publicação da obra, o Prémio tem como principais objetivos distinguir anualmente obras literárias originais, incentivar a produção literária entre a juventude galega e portuguesa, e favorecer a circulação e distribuição de obras literárias entre a Galiza e Portugal, para reforçar o diálogo cultural entre os dois territórios. 

O Prémio Literário Nortear Para Jovens Escritores é promovido pela Consellería de Cultura e Turismo da Xunta de Galicia, pela Direção Regional de Cultura do Norte e pelo Agrupamento Europeu de Cooperação Territorial Galicia – Norte de Portugal. 

 

 

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.