Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Cultura de Borla

A Cultura que não tem preço.

EXIB Música encerra ao som do ritmo brasileiro com Dona Jandira

Carlos Malta voltou a encantar ao som da flauta convidando todos a participar na música criando um efeito cénico de pura magia no espaço da Igreja de Nossa Senhora do Espinheiro. Um momento único que contou com a presença do Presidente da Região de Turismo do Alentejo, António Ceia da Silva e do Vereador da Cultura da Câmara Municipal de Évora, Eduardo Luciano.

 

O último dia de Showcases do EXIB Música começa com uma viagem até à Colômbia com os Colectiva Corazón que misturam estilos musicais tão diversificados como a Cumbia, o Rock, o Bolero, a Guajira, o Funk, a música brasileira, balcânica e o Reggae.

 

Luiz Caracol um dos valores emergentes da música portuguesa. Natural de Elvas, a sua música reflecte uma multiculturalidade própria de quem foi criado num ambiente de mescla cultural, rodeado por gentes de África, do Brasil e de Portugal. Esta simbiose de culturas sente-se na voz, nas letras, e no toque da sua guitarra. Atualmente está a trabalhar na gravação do seu próximo trabalho discográfico, “Metade”, com lançamento previsto para este ano.

 

EXIB%20Musica_7%20maio%20-%20Carlos%20Malta.jpg

 

Zaira Franco cantora e compositora e senhora de uma voz poderosa e livre, percorreu durante mais de 17 anos, diversos palcos um pouco por toda a República Mexicana e Guatemala.

 

C4 Trio surge no panorama musical venezuelano a partir do Concurso Internacional La Siembra del Cuatro. Foi a partir deste momento que foram convidados para fazer um concerto e de forma espontânea decidiram formar duos e trios, chegando a cantar em quarteto. O palco foi pequeno quando todos começaram a dançar ao som de Celina da Piedade e C4 Trio.

 

Dona Jandira com 78 anos, impressiona todos quando sobe ao palco e canta com sua voz singular e impregnada de emoção. É considerada uma das grandes revelações da música brasileira, largamente aplaudida pelo público e crítica.

 

Bicho do Mato, Crocodilo Criollo e Rodapé encerram o EXIB Música. Évora acolheu durante 4 dias a música ibero-americana. Expositores, debates, músicos e profissionais em torno de uma programação que colocou especial ênfase no estímulo da circulação das músicas ibero-americanas, no reconhecimento da diversidade das suas expressões, no compromisso dos seus conteúdos e no valor de cooperação como principal elemento no fortalecimento da indústria musical e cultural da Ibero-América e desta com o mundo.

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.