Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Cultura de Borla

A Cultura que não tem preço.

Exposição 500º aniversário Luís de Camões

Cooperativa Árvore celebra o 500º aniversário de Luís de Camões com Exposição “Porque, quem não sabe arte, não na estima”

23 de Maio a 3 de Junho

descarregar (7).jpg

Inauguração: 23 Maio, 17h30

 

A Cooperativa Árvore, numa parceria com o Centro Interuniversitário de Estudos Camonianos – Universidade de Coimbra (CIEC), pretende evocar o 500.º aniversário do nascimento do poeta Luís de Camões com uma exposição coletiva intitulada “Porque, quem não sabe arte, não na estima” (Luís de Camões, “Os Lusíadas” canto V, estrofe 97) a inaugurar pelas 17h30 do dia 23 de maio, na sala 1 da Árvore.

 

Da inauguração fará parte uma conferência pelo especialista em estudos camonianos Professor Doutor José Carlos Seabra Pereira, presidente do CIEC.

 

A exposição reúne 14 obras que abordam a temática camoniana: 9 quadros, 3 esculturas e 2 instalações, dos seguintes artistas: Afonso Pinhão Ferreira, António Franchini, Carlos Silva, Do Carmo Vieira, Evelina Oliveira, Filipe Rodrigues, Francisco Simões, Hélder Carvalho, Humberto Nelson, Isabel Mourão Alves, Jorge Marinho, José Emídio, Nuno Ferreira, Susana Bravo.

 

A exposição ficará patente até 3 de junho e tem como organizadores, Isabel Ponce de Leão e Humberto Nelson.

 

Inauguração: 23 de Maio

17h30 – Abertura – José Emídio

17h45 – Apresentação da exposição – Isabel Ponce de Leão

18h00 – Momento musical – Cuca Sarmento, Francisco Carvalho, Manuel Sobral Torres e Maria Augusta Sá Pinto

18h20 – Conferência Magistral – José Carlos Seabra Pereira 

19h00 – Momento musical – Cuca Sarmento, Francisco Carvalho, Manuel Sobral Torres e Maria Augusta Sá Pinto