Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Cultura de Borla

A Cultura que não tem preço.

Exposição "A Lisboa dos meus Sonhos", de Marita Vaskova

poster.jpg

A artista Marita Vaskova vai inaugurar na próxima quinta-feira, 7 de julho, às 19h30, a sua nova exposição intitulada "A Lisboa dos meus Sonhos" na galeria da Livraria Miosótis (Avenida Rovisco Pais, 14A, Lisboa).
 

Marita Vaskova nasceu na Ucrânia em 1948. Fixou-se em Portugal em 1999, onde participou em várias exposições. Em 2005, juntamente com Valeriy Vaskov, abriu uma galeria de arte em Lisboa, onde expôs durante mais de uma década. Encontrou na aura de Lisboa um mote inspirador para as suas obras. Num confronto de luz e cor, de abstrato e concreto, a linha sintética domina cada tela, representando as várias dimensões da paisagem lisboeta. Desde 2008 é sócia da Sociedade de Belas Artes de Lisboa. As suas peças encontram-se em diversas coleções particulares espalhadas pela Europa, E.U.A., Canadá e Japão. A sua obra está representada nas colectâneas Livro de Ouro da Arte Contemporânea em Portugal (Fonte da Palavra, 2006) e Arte Europa (Fonte da Palavra, 2012).

Dotada de uma sensibilidade artística plural e de um estilo facilmente identificável, Marita Vaskova torna sua a nossa Lisboa, permitindo-nos redescobri-la num tapete de mosaicos de cores, ora casas ora ruas ora elétricos, com que preenche as suas telas. Cada trabalho desta pintora é uma exploração do espectro colorido da cidade, onde se arrisca e acerta um equilíbrio precário entre a Lisboa vista e a Lisboa imaginada. Os quadros da artista têm um pouco de tudo e nada a mais: impressões fugidias, retalhos de paisagem, resquícios de sonho, encerrando em si o mistério de cada uma das colinas da cidade branca. Lisboa luminosamente colorida ou coloridamente luminosa: os dourados do pôr-do-sol, os azuis do céu limpo e ensolarado, os laranjas das telhas gastas, os amarelos dos elétricos e os cinzentos dos dias chuvosos.