Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Cultura de Borla

A Cultura que não tem preço.

Exposição CHINAWARE - O passado e o presente da porcelana chinesa | Museu do Oriente | 15 Set-27 Nov

 

 

 

Uma reflexão sobre a China contemporânea, a partir das tipologias tradicionais da sua cultura material e da experiência pessoal do designer português BrunoMMCarvalho, é o que propõe a exposição CHINAWARE que inaugura no Museu do Oriente a 15 de Setembro, às 18.30.

 

CHINAWARE apresenta dez projectos originais, entre objectos e instalações, que se traduzem em cerca de 25 peças, a par de fotografias e vídeos que documentam o processo criativo. A ideia de diálogo transparece ainda no design da exposição, que faz uso de mesas de ping-pong para apresentar as peças, materializando assim o jogo de flexibilidade e agilidade criativa levado a cabo pelo designer no terreno.

 

Foi a cidade de Jingdezhen, capital da porcelana na China desde os tempos imperiais, que inspirou BrunoMMCarvalho a desenvolver um conjunto de projectos que, reinterpretando as formas tradicionais, propõem uma abordagem contemporânea e de pesquisa aos processos de produção, explorando questões estéticas e técnicas, como a decoração, o acabamento e o fabrico em série.

 

Usados nas fábricas de Jingdezhen para assinalar defeitos de produção, os marcadores azuis são usados nas jarras Imperial Marker, para criar surpreendentes efeitos decorativos, semelhantes ao vidrado de azul-cobalto da porcelana chinesa imperial. O mesmo princípio norteia Dragon Marker, desta feita com marcador de cor vermelha, aplicado a figuras icónicas da revolução cultural, como parte de um busto de Mao.

 

Pondo em evidência o aspecto lúdico e a natureza contínua do processo de design, a peça The Great Vases consiste em dois vasos de quase dois metros de altura cada, que serão pintados por BrunoMMCarvalho ao longo da exposição. Pleasure Cups, uma série de objectos eróticos feitos com cerdas de pincéis de caligrafia, é mostrada juntamente com as figuras eróticas de porcelana que lhe serviram de inspiração, outrora parte da educação sexual chinesa.

 

De carácter experimental, as instalações reflectem criticamente sobre aspectos transversais da China contemporânea. Coal Porcelain apresenta um método de decoração por nuvens de pó de carvão geradas em estufa, que aderem à superfície brilhante de uma jarra. Coal Porcelain referencia, assim, os alertas de poluição atmosférica cada vez mais frequentes nas metrópoles chinesas.

 

Paralelamente à exposição, o designer explica, durante a conferência “ChinAware - O design como bagagem. Processos de criação em design nómada” (24 de Setembro) a abordagem singular na prática do design, resultante da sua percepção da China contemporânea depois de duas viagens realizadas com o apoio da Fundação Oriente para realização de trabalho de campo na cidade de Jingdezhen. Aqui, sem estúdio nem oficina, o trabalho empreendido por BrunoMMCarvalho pautou-se por um processo criativo orgânico, assente na experiência do quotidiano.

 

A exposição está patente até 27 de Novembro.

 

Sobre o autor

BrunoMMCarvalho desenvolve trabalhos como designer de autor, sem estúdio, utilizando processos de criação definidos por contextos socioculturais singulares. Licenciado pela ESAD.CR em Design Cerâmica, em 2007, colaborou com os designers Miguel Vieira Batista e Fernando Brízio. Foi responsável pela criação de Experimenta o Campo, projecto de residências para estudantes de Design Craft no CENTA e designer freelancer no estúdio Maarten Baas, Holanda, onde criou e coordenou a plataforma internacional Made Out Portugal para jovens designers portugueses. Foi co-curador da exposição de design português Never for Money, Always for Love, para o museu MUDAM, Luxemburgo. Foi bolseiro do Governo Regional dos Açores e da Fundação Oriente, trabalhando as especificidades do território e da cultura material. Recentemente, fez parte do número especial da revista Camões dedicado ao design, na secção Vozes Críticas, e participou nas exposições do MUDE Como se pronuncia Design em Português, e LEVE na representação oficial de Portugal na bienal de design de São Paulo.

 

Exposição “CHINAWARE – design de porcelana na China contemporânea”

Inauguração | 15 de Setembro | 18.30

Até 27 de Novembro

Terça-feira a domingo: 10.00-18.00

(à sexta-feira o horário prolonga-se até às 22.00)

Encerra à segunda-feira

Preço: € 6,00 (entrada no Museu do Oriente)

 

“CHINAWARE - O design como bagagem. Processos de criação em design nómada”

Conferência por BrunoMMCarvalho

24 de Setembro

15.00-17.00

Gratuito

 

Museu do Oriente, Avenida Brasília | Doca de Alcântara (Norte) | 1350-362 Lisboa

www.museudooriente.pt

 

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.