Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Cultura de Borla

A Cultura que não tem preço.

exposição de Pintura, desenho, instalação, bijuteria, vídeo de Ludgero Rolo e Pedro Carvalho - De 18 janeiro a 02 de março

cartaz_redes_sociais_-_1.png

cartaz_redes_sociais_-_3.png

 

 

No dia 18 de janeiro inaugura na Galeria Beltrão Coelho  uma exposição mista, de dois artistas de personalidades artísticas, idades e influências muito diferentes. O Ludgero Rolo nasceu nos anos 60, é de uma  geração  que deu origem  a grandes mestres da arte plástica e da escultura  e de uma época em que ocorreram muitos  momentos de euforia cultural. O Pedro Carvalho é mais novo e recebeu outras  influências,  as mais  ligadas à net, ao digital, à globalização, a um periodo de tempo  em que ocorreu uma fusão muito  intensa entre as artes.  No  dia da inauguração  haverá um “mix”, um casamento entre  o video, a instalação de tendências industriais, a bijuteria  feita de restos mortais de  matérias  tornadas  recicláveis, a pintura e o desenho de tendência surrealistas.

 

De 18 de janeiro a 02 de março 2018

 

PEDRO  CARVALHO (Instalação, Bijuteria, Video)

 

“Iniciei o meu percurso profissional em 1992 onde comecei a exercer trabalhos de tecelagem manual. Pouco tempo depois, e ao longo de 7 anos, desenvolvi funçõesna área da cenografia e adereços. Ao longo desse tempo ganhei e aperfeiçoei competências em diversas técnicas relacionadas com trabalhos em madeira e de forma abrangente. Ao nível da construção, realizei inúmeros projectos conciliando a madeira com o metal, o têxtil e a pedra. Apurei a minha sensibilidade estética no que diz respeito à complexidade de cada material e ao resultado da fusão dos mesmos.

Nos 11 anos seguintes tive também oportunidade de desempenhar funções de assistente no áudio, vídeo, iluminação e realização em produções de televisão. Foi nesta altura que comecei a interessar-me e a desenvolver aptidões pela parte técnica do audio e do som. Essa experiência permitiu que me tornasse

autonomo e independente na produção de música, uma paixão que tinha desde novo.

Em 2010 comecei uma nova etapa da minha vida e abri um estúdio de gravação áudio. Desde essa altura que trabalho a tempo inteiro na produção musical de trabalhos de autor e originais e como técnico de áudio.

Dedico-me igualmente aos trabalhos de pintura, escultura, joalharia artesanal, e outras áreas ligadas às manualidades.”

 

 

LUDGERO ROLO (Pintura, Desenho)

 

“Nascido em Lisboa nos anos 60 do seculo passado.

Profissionalmente esteve ligado ás artes gráficas desde muito novo como maquetista criativo e designer gráfico. 

Acompanhou a tecnologia expecializando-se em arte digital, ilustração e ambientes virtuais 3d.

É autodidata em desenho e pintura apesar de ter frequentado a aula de desenho artistico da Sociedade Nacional de Belas Artes por um ano na decada de 90.

Desde novo que o seu gosto por desenho era notório porém a pintura veio depois,  primeiro numa experiência a oleo com a artista Marina Santos ainda na altura do liceu, depois o contacto com artistas como Artur Bual, Relógio,  Antonio Galvão com quem trabalhou directamente, entre outros, fez desenvolver o seu gosto pela pintura.Desde o final da década de oitenta tem exposto quer individual quer coletivamente, não só em Portugal como em Espanha e França. Salientando-se como referencia as suas participações em mostras artisticas como; Bienal de Vendas novas;  Mertolarte; Feira de arte contemporânea da Amadora;  FIARTE Granada;

Coletivas do Círculo Artur Bual; UTOPIA, surrealismo e arte fantástica;  International Surrealism Now.”