Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Cultura de Borla

A Cultura que não tem preço.

Exposição de pintura "Serendipidade" de Edite Melo na Galeria Municipal de Torres Vedras

descarregar (6).jpg

Serendipidade é o título de uma exposição de pintura da autoria de Edite Melo, que estará patente na Paços - Galeria Municipal de Torres Vedras, entre os dias 25 de junho e 13 de agosto.

Será uma exposição que apelará às sensações e à imaginação intuitiva da interpretação dos sinais criados pela geometria abstrata das dinâmicas de luz e cores, e que levará a uma aventura de descoberta do encanto do desconhecido. Uma mostra em que a arte e a sua serendipidade provocam uma permanente descoberta dos sentidos.

A exposição Serendipidade será inaugurada no dia 25 de junho, pelas 17h00.

De referir que Edite Melo nasceu em Torres Vedras, em 1947. Vive e trabalha entre Lisboa e Torres Vedras, onde tem o seu ateliê.

Formou-se em Organização e Gestão de Empresas, mas desde cedo, e paralelamente ao seu percurso profissional, dedicou-se à pintura, explorando vários materiais e técnicas.

Expõe regularmente, individual e coletivamente, desde 1987. A sua obra integra diversas coleções particulares e está representada em várias instituições em Portugal e no estrangeiro.

Em 2001 iniciou uma nova fase na sua pintura, encontrando no abstrato a sua verdadeira forma de expressão, sendo que nesse registo expressa com liberdade os seus sentimentos, num estilo muito próprio.

Este processo foi evoluindo, mas a essência da sua arte, a metamorfose do "eu" representada com a visão da abstração lírica, mantém-se intacta.

A pintura de Edite Melo tem sido, de resto, fonte de inspiração para a poetisa São Gonçalves, com quem publicou os livros A Alma da Cor (em 2013) e Artes em Diálogo (em 2019), nos quais a pintura e a poesia se apresentam numa simbiose perfeita.