Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Cultura de Borla

A Cultura que não tem preço.

Exposição JOSÉ PRACANA até 31 Maio e CONVERSAS DE MUSEU de regresso

Museu do Fado prolonga exposição 

JOSÉ PRACANA

e promove Conversa com
João Braga e Rui Vieira Nery


A retrospectiva dedicada à vida e obra do músico, intérprete, coleccionador e investigador JOSÉ PRACANA (1946-2016), consensualmente reconhecido como uma das grandes figuras da história do Fado, fica patente no Museu do Fado até 31 de maio.

No próximo dia 18 de Março, data de aniversário de José Pracana, o Museu promove uma conversa sobre o artista, com João Braga e Rui Vieira Nery, aberta à participação do público. Este evento insere-se no ciclo "Conversas de Museu" que o Museu do Fado iniciou em 2018 e recebeu já mais de duas dezenas de convidados.

Dia 11 de Março o ciclo deste ano inicia com Ada de Castro, dia 18 prossegue com esta conversa dedicada a José Pracana e dia 25 recebe Mário Pacheco. A moderação é de Nuno Pacheco e a entrada é livre, mediante reserva.

440ea359-efc2-46eb-9855-b2cfea6cf79e.jpg

Na exposição JOSÉ PRACANA, que se prolonga até final de maio, o visitante pode conhecer o vastíssimo acervo pessoal do artista: fotografias, jornais, discos, documentos, cartazes, instrumentos musicais, troféus e condecorações. Estão também disponíveis para visionamento imagens de alguns dos programas televisivos que dirigiu e uma recriação do seu retiro em Ponta Delgada, que permite uma aproximação ao ambiente singular das tertúlias que ali promoveu.

"Amador por convicção, tal estatuto nunca o impediu de acompanhar e de conviver com os grandes pilares da tradição fadista – de Amália Rodrigues a Maria Teresa de Noronha, de Alfredo Marceneiro a João Ferreira Rosa - de actuar em concertos nos vários palcos do mundo, de estudar aprofundadamente esta tradição tão enraizada na nossa sociedade, elevando-a e salvaguardando-a, para memória futura", diz Sara Pereira, directora do Museu do Fado e curadora desta exposição, no catálogo que a integra. "Foi uma das personalidades mais completas que o Fado conheceu".

Museu do Fado
Terça a domingo, das 10h às 18h (última entrada: 17h30)
Visitas guiadas para grupos: info@museudofado.pt / 21 882 34 70

Bilhete: 5€ (com acesso à exposição permanente)
Reduções para menores de 25, maiores de 65, reformados, residentes no concelho de Lisboa e grupos organizados, entre outros.