Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Cultura de Borla

A Cultura que não tem preço.

exposição "Universo Africano" com base na história da Isabel "Batata Doce" - 12/10 a 03/11

cartaz_redes_sociais_-_2.png

Cartaz_redes_sociais_3.png

 

 

No dia 12 de outubro inauguramos a  exposição “Universo Africano”, uma coletiva que  abrange várias manifestações artísticas à volta de um tema. No sentido de homenagear as relações entre os países lusófonos de origem africana, quisemos juntar no espaço expositivo diversos artistas de origem africana. Nesta exposição seremos presenteados com moda, escultura, pintura e fotografia. No dia da inauguração contaremos ainda com as narradoras de histórias através da arte do dizer.

A exposição estará patente entre as 9:00h e as 18:00h, de segunda a sexta-feira até 03 de novembro de 2017 e os artistas participantes e expostos  são os seguintes:

Isabel Batata Doce (Oradora)

Elsa de Noronha (Dizer Poesia)

Luisa Fresta (Escrita / Contos)

 

Julieta Lupambo (Moda – Estilismo)

Célia das Neves (Moda – Acessórios)

Manuela Leitão (Moda – Acessórios)

 

Malenga (Pintura / Escultura)

Armanda Alves (Pintura)

Lion Maré Djaci (Fotografia)

 

 

 

Sobre a Galeria Beltrão Coelho informamos

 

A Galeria Beltrão Coelho foi  criada com o propósito de promover e auxiliar o progresso da arte em todas as suas manifestações: pintura, escultura, design, ilustração, ourivesaria, fotografia, vídeo, entre outros, defender os interesses dos artistas e tornar grátis e acessível a arte ao publico em geral.  Em setembro de 2015 a empresa Beltrão Coelho, inaugurou o seu espaço cultural, numa época em que ocorreu um decréscimo nos apoios culturais. O usufruto dos artistas na Galeria Beltrão Coelho passa pela oferta de Catalogo (20 paginas),   do beberete com serviço de catering, convites em suporte de papel e digital,  serviços de comunicação e divulgação em vários suportes, apoio administrativo na elaboração e impressão de tabelas, preçários,  cartazes promocionais, fornecimento de equipamento e instrumentos  para todas as manifestações artísticas, apoio logístico nas montagens e desmontagens, acompanhamento personalizado das visitas na inauguração e durante o período em que se encontram patentes as exposições, seguro das obras pelo valor atribuído pelo artista, serviços de fotografo profissional no dia da inauguração, uma sala de apoio para as montagens e desmontagens.

Como a galeria não comercializa arte, não cobra comissões sobre as vendas das obras de arte, não aluga o espaço aos artistas recebeu o selo da APEE de responsabilidade social.